8 pessoas são presas pela PRF em Rondônia

09/01/2020

Compartilhar:

Ocorrências em Porto Velho, Ji-Paraná e Pimenta Bueno

O ano de 2020 não começou fácil para aqueles que infringem às leis. Nesta quarta-feira (8), a Polícia Rodoviária Federal (PRF) efetuou 8 prisões em todo o Estado.

O fato de maior atenção foi registrado na sede da Delegacia de Polícia Rodoviária Federal em Porto Velho, próximo ao município de Candeias do Jamari, oportunidade na qual um foragido da justiça, com mandado de prisão em aberto por condenação no crime de Tortura, foi identificado durante fiscalização de trânsito em veículo de passeio. O detido afirmou aos policiais ter ciência de sua situação perante à justiça e não ofereceu resistência na ocasião de sua prisão.

Em Pimenta Bueno, antes das 09h00, os agentes federais realizaram a prisão de um motociclista embriagado que se acidentou quando seguia para Vilhena na BR 364. O teste do bafômetro realizado acusou teor alcoólico de 0.7 mg/L de ar nos pulmões. Para incorrer em crime, o índice precisa ser igual ou superior à 0.34 mg/L. Ao motorista foram prestados os cuidados médicos e encaminhamento ao hospital enquanto os policiais conduziram a ocorrência à Delegacia de Polícia Civil, que emitiu ordem de prisão em flagrante, a ser consolidada em momento oportuno.

No município de Ji-Paraná, um motociclista que furou o sinal vermelho foi abordado por uma guarnição PRF que patrulhava as imediações. Durante o procedimento policial, foi observado que o motorista apresentava visíveis sinais de embriaguez. Ao realizar o teste do etilômetro o aparelho acusou índice de 0.84 mg/L, quase 3 vezes superior ao previsto em lei para enquadramento criminal. O infrator foi conduzido ileso à Delegacia para registro da ocorrência.

Já na capital Porto Velho, dois motoristas foram flagrados durante a noite conduzindo veículos sob influência de bebida alcoólica. As infrações criminais foram constatadas por meio do uso dos novos etilômetros, que propiciam agilidade e dinamismo nas operações de fiscalização de trânsito.

Também foram registrados três termos circunstanciados de ocorrência, instrumento utilizado para dar maior celeridade nas ocorrências criminais de menor potencial ofensivo. No primeiro caso, um motorista que estava com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por um ano foi flagrado dirigindo na BR 364; sendo conduzido à delegacia por essa conduta irregular Na segunda ocorrência, um motociclista que, mesmo alertado por diversas vezes, não colaborou com os policiais que o abordaram, demonstrando conduta reativa, foi detido pelo crime de desobediência. Concluindo as ocorrências criminais, um motorista que transportava mais de 800 kg de pescado, de modo improvisado na caçamba de uma caminhonete e ainda com pouco gelo, foi conduzido à Central de Flagrantes por ofensa à legislação ambiental.
Fonte: PRF/RO

Compartilhar:
Categorias: Rondônia

Notícias Relacionadas

Empresa cacoalense produz e doa protetores faciais para profissionais do Heuro

Apesar da maioria das empresas estarem com as portas fechadas, empresários cacoalenses tem somado esforços em prol de medidas de […]

03/04/2020

Justiça coloca Camaro à disposição da Polícia Militar de Rondônia

Polícia Militar do Estado de Rondônia já tem à disposição um Chevrolet Camaro todo personalizado com as cores e adesivos […]

03/04/2020

Desinfecção sanitária deve ser feita todos os dias em Cacoal

Seguindo orientações de órgãos competentes, Cacoal tem passado por constantes ações de desinfecção sanitária em ruas, avenidas e espaços públicos. […]

03/04/2020

Governo de Rondônia amplia prazo para pagamento do IPVA

O Governo de Rondônia, por meio da Secretária de Estado de Finanças (Sefin), prorrogou os prazos para recolhimento do Imposto […]

03/04/2020