Cardápio da merenda escolar da rede estadual oferece alimentação saudável e balanceada

06/02/2020

Compartilhar:

O ano letivo da rede pública estadual começa nesta quinta-feira (6) e o planejamento do cardápio da merenda escolar já está concluído para oferecer aos alunos de todo o estado de Rondônia, uma alimentação saudável e balanceada, de acordo com a necessidade nutricional de cada faixa etária.

O cardápio deve atender às necessidades biológicas de cada aluno no período em que ele encontra-se em sala de aula

Segundo a nutricionista da Secretaria Estadual de Educação (Seduc), Regina Rodrigues, que também é responsável pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), o cardápio é diferente e dividido em cinco modalidades. “Temos apenas uma escola que atende a alunos do pré-escolar – que fica dentro do Tiradentes I. Aí vem o ensino fundamental, o ensino médio, a educação de jovens e adultos, educação indígena, e o ensino integral. Cada uma dessas modalidades tem um cardápio específico”, explica.

Regina diz que o cardápio é baseado na Resolução do Pnae e deve atender às necessidades biológicas de cada aluno no período em que ele encontra-se em sala de aula, atentando-se aos macro nutrientes e micro nutrientes, ou seja, o balanceamento da quantidade total de calorias, carboidratos, gorduras, proteínas, fibras vitaminas C e A, ferro, zinco e o cálcio.

A nutricionista acrescenta que prato preferido dos alunos é o vatapá e o cachorro quente, além do açaí, com alta aceitação, e do peixe, que é adquirido pelo Programa Estadual de Alimentação Escolar (Peale), nas espécies pirarucu e o tambaqui, em forma de filé ou polpa.

“Dentro das diretrizes do Pnae tem a orientação para o teste de aceitabilidade da merenda para as preparações servidas com maior frequência ou inovações no cardápio. Para ser inserida a preparação alimentar precisa ter ao menos 85% de aprovação dos alunos”, Regina Rodrigues, nutricionista.

O planejamento do cardápio leva em conta a cultura da região, a sazonalidade do produto e a disponibilidade por área. “Em Porto Velho, por exemplo, nós fazemos um mapeamento em conjunto com a Seagri para identificar a produção agrícola, porque o também tem que contemplar alimentos da agricultura familiar”, diz a nutricionista.

O cardápio deve estar fixado em mural para conhecimento de pais e alunos, assinado pela nutricionista responsável, e além da pauta de compras ser feita com base no cardápio, a gerência confere se a lista dos produtos inserida no processo, e o Conselho Escolar de Rondônia (Caero) também faz a fiscalização com visitas surpresas nas escolas.

O planejamento do cardápio leva em conta a cultura da região

RECURSOS

A gerente de Programas da Seduc, Jaqueline da Silva Almeida, explica que, para o primeiro mês de aula, foi feita uma reprogramação com o saldo da 10ª parcela do exercício anterior. As escolas já estão com essa parcela em conta para a aquisição dos produtos. A tramitação para os processos de 2020 está só aguardando a disponibilização dos dados oficiais do senso, que são utilizados para a base de cálculos da per capta por modalidade.

“Até o momento só temos os preliminares divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), e a expectativa é que até o final desta semana eles repassem para o setor de estatísticas da Seduc. Tendo acesso a esses dados vamos fazer uma força tarefa neste mês de fevereiro para que até o início de março todas as escolas recebam os recursos da merenda e também do Pronaf”, completa Jaqueline.

A gerente revela que este ano haverá novidade para a compra dos produtos por parte dos gestores (diretores). “O recurso não será mais repassado para os conselhos escolares.  Agora tem um cartão que fica sob a responsabilidade de cada diretor e quando o fornecedor for realizar a entrega dos produtos na escola, é só levar a maquina de cartão juntamente com a nota fiscal para que o pagamento seja efetivado”. Jaqueline explica que antes disso, a compra será feita através de ata de registro de preço e no ato da entrega será creditada no cartão Pnae. (Fonte: Secom – Governo do Estado/RO).

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

Bolsonaro decide prorrogar Exército no Ceará

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu nesta sexta-feira (28) prorrogar por mais oito dias a […]

28/02/2020

Tribuna em Foco- 28/02/20

A semana de Carnaval teve início com uma cerimônia no auditório da unidade da Unesc em Cacoal. O diretor institucional […]

28/02/2020

BR-364 fica interditada após alagamento

As fortes na região provocaram um alagamento na nesta sexta-feira (28), na da BR-364, no trecho entre Presidente Médici e […]

28/02/2020

Campanha de Vacinação contra a gripe será antecipada

As 75 milhões de doses começarão a ser aplicadas a partir de março. A medida é uma forma de auxiliar os […]

28/02/2020