Exames de Covid-19 demoram até 7 dias para serem divulgados em Rondônia

27/03/2020

Compartilhar:


Em Cacoal, conforme o boletim divulgado pela prefeitura na noite de quinta-feira (26), há 27 casos suspeitos do novo coronavírus (Covid-19) notificados e cinco descartados, em que os resultados deram negativos para a doença. Porém, há diversos questionamentos principalmente nas redes sociais sobre a demora para a divulgação dos resultados. Em busca de respostas aos questionamentos a reportagem da Tribuna Popular entrou em contato com a coordenadora de vigilância em saúde de Cacoal, Ivani Gromann, e de acordo com ela os exames estão levando em torno de sete dias para serem revelados.
“A questão dos exames é o seguinte, nós fazemos as coletas e encaminhamos no mesmo dia para a Regional de Saúde, órgão do governo estadual, que tem um veículo que vai para Porto Velho três vez por semana e leva nossas amostras”, contou.
Ainda acordo com Ivani, devido a grande demanda no laboratório Central de Saúde Pública de Rondônia (Lacen), em Porto Velho, adminstrado pelo Governo de Rondônia que realiza os exames, o prazo para a divulgação dos resultados foi estendido.
“Hoje nós temos uma demora nos exames, pelo que o Lacen nos passou, devido o número de amostras que tem lá, de 12 horas foi alterada para de cinco a 7 dias para se emitir o resultado”, revelou.
Morte de professora com suspeita de Covid-19

Sobre a professora Ellen Cristina de Matos, que faleceu na quinta-feira, em um hospital particular de Cacoal, a coordenadora de vigilância em saúde relatou que foi realizada a coleta do exame para Covid-19, porém o resultado deve ser divulgado apenas na próxima semana.
“Nós coletamos a amostra no dia 25, quando ela se internou. No mesmo dia a levamos para a Regional de Saúde, que não é o Hospital Regional, e no dia 26 pela manhã(ontem) essa amostra foi para Porto Velho, chegando lá à noite. Agora eu creio que até terça-feira vão emitir o resultado. Então aqui no município tudo que tinha que se fazer foi feito, que é a coleta e o envio da amostra. Agora a outra parte é com Porto Velho”, esclareceu Ivani Gromann.
(Fonte: Tribuna Popular – Foto: Divulgação)

Compartilhar:
Categorias: Cacoal, Coronavírus

Notícias Relacionadas

Quadrinho semanal

Em 11 de março de 2020, a Organização Mundial de Saúde declarou a disseminação do Covid-19, elevando-o a nível de […]

30/05/2020

30 de maio, por Lúcio Albuquerque

COMEMORA-SE: Dia das Bandeiras; Dia do Geólogo. Católicos lembram santa Joana d’Arc, São Basílio e Santa Emília (um casal) e […]

30/05/2020

Bolsonaro diz que auxílio emergencial deverá ter quarta parcela

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (28) que o governo deve propor uma quarta parcela do auxílio emergencial, atualmente […]

30/05/2020

Mega Sena pode sortear R$ 38 milhões neste sábado

A Mega-Sena pode pagar um prêmio estimado em R$ 38 milhões para quem acertar as seis dezenas do concurso 2.266 […]

29/05/2020