Anúncio

Mais 245 famílias serão beneficiadas com o Bolsa Família em Presidente Médici

31/03/2020

Compartilhar:
Aplicativo Do Bolsa Família
Novos beneficiados devem receber já no mês de abril

O Ministério do Desenvolvimento Social – MDS anunciou à Secretaria Municipal de Assistência Social de Presidente Médici – SEMAS  que mais 245 famílias passarão a receber o Bolsa Família no município. 

O programa que contribui para o combate à pobreza e à desigualdade já beneficia, ao todo, 1.417 famílias em Presidente Médici, segundo o Centro de Referência em Assistência Social – CRAS. O valor médio do benefício no Município é de R$ 163,49, quantia considerada fundamental para a subsistência da população mais vulnerável, já que o complemento da renda – um dos eixos do programa – garante o alívio mais imediato da pobreza.

Segundo a Secretária Municipal de Assistência Social, Bia Coelho, essas novas famílias foram incluídas graças ao incansável trabalho das equipes da SEMAS, que através do Centro de Referência em Assistência Social, e também aos serviços do CRAS itinerante que foi realizado em vilas e distritos do município, com a intenção de acompanhar de perto as famílias carentes com renda baixa, levantaram essa nova necessidade de adesões do município. 

A Secretária Bia disse que os dados das famílias são coletados nos atendimentos e acompanhamentos que a pasta realiza, e que são enviados ao Ministério do Desenvolvimento Social para que analisem o perfil familiar para a concessão ou não do benefício. Dessa vez 245 novas famílias serão beneficiadas e passarão a receber o auxílio em Presidente Médici. 

Sobre o Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa do governo federal que atende famílias em condições de extrema pobreza, com renda mensal de até R$ 89 por pessoa; ou cuja renda per capita esteja entre R$ 89,01 e R$ 178, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

Além do complemento de renda, o programa trabalha sob os eixos de “Acesso a direitos” – as famílias devem cumprir compromissos que reforçam o acesso à educação, à saúde e à assistência social – e de “Articulação com outras ações” – os gestores integram e articulam várias políticas sociais, estimulando o desenvolvimento das famílias e contribuindo para a superação das situações de vulnerabilidade e pobreza.

Para integrar o programa, o responsável pela família deve procurar um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ou um posto de atendimento do Bolsa Família no município. É necessário levar documentos de identificação pessoal, como carteira de identidade ou carteira de motorista e certidão de nascimento de todas as pessoas que vivem na residência.

Fonte: Assessoria

Compartilhar:
Categorias: Geral

Notícias Relacionadas

Rondônia totaliza 5.714 casos confirmados de covid-19

O governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da […]

03/06/2020

Cacoal registra 74 casos de covid-19; 11 estão na UTI

O boletim diário divulgado pela Prefeitura de Cacoal mostra que chegou a 74 o número de casos confirmados de covid-19 […]

03/06/2020

Sicoob Fronteiras apresenta plano de expansão em assembléia geral

Com 21 anos de fundação, sendo o último como filiada do Sicoob Central Rondon, a Cooperativa Sicoob Fronteiras conseguiu, em […]

03/06/2020

Jaqueline Cassol solicita ao Secretário Nacional de Aviação Civil melhorias para os aeroportos de RO

A deputada federal Jaqueline Cassol (PP-RO) cobrou da Secretaria Nacional de Aviação Civil agilidade nas ações de melhorias nos aeródromos […]

03/06/2020

Anúncio
Anúncio