Primeiro comerciante a desobedecer decreto governamental é preso em Cacoal

21/03/2020

Compartilhar:
4bpm

Na tarde deste sábado (21/03) um comerciante (proprietário de um bar no bairro Novo Cacoal) da cidade de Cacoal foi o primeiro a ser preso em flagrante pelo crime de desobediência. A prisão se deu em razão de ter se recusado a fechar o seu estabelecimento comercial, mesmo após o decreto do governo de Rondônia.

O decreto, que estabeleceu Estado de Calamidade Pública, obriga boa parte dos comércios suspenderem as atividades, pelo prazo inicial de 15 dias, como forma de prevenção à disseminação do coronavírus.

Saiba mais sobre o Decreto de Calamidade Pública neste link: https://tribunapopular.com.br/2020/03/governo-do-estado-de-rondonia-decreta-oficialmente-calamidade-publica/

Fonte: 4º Batalhão de Polícia Militar.

Compartilhar:
Tags:

Notícias Relacionadas

Governo proíbe temporariamente entrada de estrangeiros no Brasil

O governo federal editou hoje (27) uma portaria para proibir temporariamente a entrada de estrangeiros de todas as nacionalidades que […]

27/03/2020

Safra do café para 2020 deve ultrapassar dois milhões de sacas em Rondônia

O café de Rondônia anda em alta. Destaque nacional nos últimos anos, quando rondonienses foram classificados entre os produtores das […]

27/03/2020

Hospitais do Estado liberam leitos para atender possíveis pacientes com coronavírus

A prevenção foi a primeira medida tomada pelo Governo de Rondônia perante a situação de pandemia que o mundo enfrenta […]

27/03/2020

Rondônia confirma mais um caso de coronavírus e totaliza seis pacientes com a doença

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), confirmou, na tarde de quinta-feira (26), mais […]

27/03/2020