Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

Proposta para ajuda de estados e municípios prevê congelamento do salário de servidores

A ajuda deve vir, mas, em contrapartida, servidores públicos dos governos federal, estaduais e dos municípios vão ter os salários congelados por 18 meses.

28/04/2020

Compartilhar:
Paulo Guedes 2

Após reunião com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, anunciou o texto final sobre o auxílio emergencial a estados e municípios que será levado a votação no plenário da Casa.


A ajuda deve vir, mas, em contrapartida, servidores públicos dos governos federal, estaduais e dos municípios vão ter os salários congelados por 18 meses.


Alcolumbre afirmou que, sem reajuste aos servidores, a expectativa da economia é de R$ 130 bilhões durante o período.


O pacote de socorro será em torno de R$ 80 bilhões por 4 meses. O governo federal vai repassar aos estados e municípios as perdas de arrecadação dos impostos que receberiam em situação normal.


A previsão é que os governos estaduais percam cerca de 30% da arrecadação nos próximos meses devido à crise econômica, em razão da pandemia.


Alcolumbre disse que vai apresentar o texto final na quinta-feira, e marcou a análise do texto para o próximo sábado, em uma sessão extraordinária. Se aprovada, a proposta volta pra Câmara.

(Agência Nacional)

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

Primeira pessoa é vacinada contra Covid-19 no Brasil

A profissional atuou como auxiliar de enfermagem durante 26 anos e resolveu fazer faculdade já mais adulta, e conseguiu o […]

17/01/2021

Higienização das mãos, uso de máscara e isolamento social devem ser mantidos, orienta Agevisa

A higienização das mãos, o uso de máscaras faciais e o isolamento social devem ser mantidos, orienta o Governo de Rondônia, […]

17/01/2021

Governo suspende visitas a presos para evitar disseminação da Covid em Rondônia

Estarão suspensas, a partir da próxima segunda-feira 18, as visitas sociais nos estabelecimentos penais do Estado de Rondônia, por deliberação […]

17/01/2021

Novo decreto limita acesso a supermercados e farmácias e impõe regras para venda e consumo de bebidas

O Governo do Estado publicou na noite deste sábado (16), um novo decreto, com regras ainda mais duras Em uma […]

17/01/2021