Anúncio
Anúncio
Anúncio

Impactos provocados pela Pandemia na area educacional são temas de live do MP/RO com Conselheiro Nacional de Educação

03/06/2020

Compartilhar:
Mp
Mp

Cerca de duas mil pessoas assistiram a uma live realizada pelo Ministério Público do Estado de Rondônia, na tarde desta terça-feira (02/06), com o conselheiro Nacional de Educação (CNE), professor Eduardo Deschamps, que abordou os impactos da pandemia do coronavírus (COVID-19) na área educacional e as medidas que estão sendo orientadas pelo CNE para minimizar os prejuízos no processo de aprendizagem dos alunos. O vídeo completo da live está disponível no canal oficial do MP no Youtube (www.youtube/user/mprobr), e já registra mais de 10 mil visualizações.

  A live foi conduzida pelo coordenador do Grupo de Atuação Especial da Infância, Juventude e Defesa da Educação (GAEINF/MPRO), Promotor de Justiça Marcos Giovane Ártico, e teve a participação especial, na abertura, da Secretária de Educação de Goiás, Aparecida de Fátima Gavioli Soares, que fez um breve relato das medidas adotadas no Estado de Goiás para enfrentamento da pandemia na área  educacional.
  Eduardo Deschamps elogiou o trabalho conjunto dos órgãos em Rondônia para enfrentamento dos problemas enfrentados pela área educacional nesse momento. No início de sua fala, fez um  relato sobre o Parecer 05/2020/CNE, que estabelece orientações para a área educacional para minimizar os impactos no processo de aprendizagem que, segundo Deschamps, poderão ter reflexos não só no ano de 2020, mas poderá se estender até os anos de 2021 e 2022. 

  Para Deschamps, tudo indica que as escolas não conseguirão cumprir o objetivo da aprendizagem prevista nos seus currículos, que precisarão ser revistos.  Abordou ainda a realização de aulas por meio virtuais, que foram implantadas pelas escolas devido a suspensão das aulas presenciais. “Vale esclarecer que o CNE não está trabalhando com ensino à distância ou homme school, mas sim da possibilidade legal de atendimento dos alunos à distância, inclusive “com atividade domiciliar”, nos casos dos alunos que  não estão tendo acesso à escola, como o que ocorre agora com o fechamento das escolas por causa da pandemia do coronavírus”, esclareceu Deschmaps.
  O  Conselheiro do CNE também ressaltou a importância de se manter nesse momento o vínculo com a escola, porque o distanciamento pode aumentar ainda mais os índices de evasão escolar e alertou para a necessidade de busca ativa de alunos quando o retorno das aulas presenciais.  E ainda que as escolas poderão optar por um sistema misto de aulas presenciais e aulas virtuais.
  Salientou à necessidade de um trabalho conjunto entre as áreas de Saúde e Educação para quando do retorno das aulas presenciais haja todos os cuidados sanitários para dar segurança aos alunos. 
  Eduardo Deschamps  não descarta a possibilidade de que os impactos provocados pela suspensão das aulas presenciais tenham que ser compensados em 2021, com aumento da carga horária, inclusive com aulas aos sábados. Acrescentou que alguns níveis de ensino, como no infantil, o processo de alfabetização será ainda mais  prejudicado. “As escolas terão que ter um cuidado ainda maior no olhar o estudante, sabendo que nem tudo poderá ser desenvolvido esse ano, sempre resguardando os direitos de crianças e adolescentes”, ressaltou.  
Fonte: Departamento de Comunicação Integrada (DCI/MPRO)

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

271 casos de Covid-19 foram registrados em RO nas últimas 24h

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da […]

03/07/2020

Em videoconferência, governo de Rondônia alinha com Legislativo e Município avanços na reforma do aeroporto de Cacoal

As obras de ampliação do Aeroporto Capital do Café, em Cacoal, uma referência dentro do estado de Rondônia contemplando demandas […]

03/07/2020

OPERAÇÃO VERDE BRASIL 2: Ministro da Defesa destaca integração dos órgãos estaduais e federais em Rondônia

É em Rondônia que funciona um dos três importantes comandos da Operação Verde Brasil 2, que tem como missão o […]

03/07/2020

Esperança: Vacina contra covid a ser testada no DF tem resultados promissores, diz UnB

Após ultrapassar a marca de 50 mil infectados e 500 mortos pelo novo coronavírus, o Distrito Federal está entre as unidades […]

03/07/2020