Anúncio
Anúncio
Anúncio

Obras em andamento estão sendo feitas com recursos de empréstimos da administração Franco Vialetto, diz Valdomiro Corá

20/06/2020

Compartilhar:

VEJA ESSA (CANTEIROS DE OBRAS) E DEMAIS NOTAS PUBLICADAS NA COLUNA BOCA MALDITA DO JORNAL IMPRESSO TRIBUNA POPULAR, EDIÇÃO DE SEXTA-FEIRA, DIA 19,  QUE CIRCULA DESDE 23 DE AGOSTO DE 1980, SENDO O MAIS ANTIGO EM CIRCULAÇÃO EM RONDÔNIA:

Boca Maldita 1
Boca Maldita edição impressa do jornal Tribuna Popular, 2261, do dia19.06.2020

PERIGOS DA COVID-19

  • A situação da Covid-19 em Cacoal ganha ares de muita preocupação e a população começa ficar assustada. O problema é que já foram registrados 200 casos da doença no município e o quadro não é animador. Diversos municípios do estado que também aparentavam tranquilidade foram dominados pela doença e isso preocupa diversas autoridades municipais e grande parte da população. Como o governo de Rondônia definiu Cacoal como polo de atendimento de vítimas da Covid-19, isto pode ser um fator determinante para provocar o aumento da doença na cidade, porque diariamente chegam pessoas de diversos municípios. Em alguns municípios, os casos aumentaram a partir da contaminação de servidores da saúde, visto que eles estão na linha de frente e são os mais expostos aos perigos. Os profissionais de saúde, na realidade têm sido nossos heróis.

TESTES RÁPIDOS

  • Algumas autoridades municipais de Cacoal fizeram, nos últimos dias, vários questionamentos sobre a falta de ações efetivas do governo de Rondônia para oferecer uma estrutura mais sólida de combate à pandemia na Capital do Café. Não basta dizer que a cidade é um polo, questionou o vereador Paulo Duarte Bezerra, o Paulinho do Cinema, na última segunda-feira, durante sessão ordinária da Câmara de Cacoal. O vereador afirmou que o local escolhido pelo governo de Rondônia para fazer uma atividade de testes rápidos era inadequado, pelo fato de não atender os bairros populosos da cidade. O “drive thru” foi realizado no Complexo Beira-Rio, que fica muito distante dos bairros com maior número de pessoas. Talvez tenha sido por isso que as expectativas não foram atingidas pelos organizadores.

POLÊMICAS DAS UTIs

  • Ainda com relação às ações do governo de Rondônia, no combate aos coronavírus, o vereador Paulinho do Cinema fez duras críticas ao secretário estadual de saúde, Fernando Máximo. A razão das críticas é que o secretário prometeu nos últimos dias entregar em Cacoal diversos equipamentos hospitalares e garantiu que o município ganharia dez novas UTis para ajudar no atendimento aos doentes vítimas da covid-19. Entretanto, a secretaria de saúde desativou UTIs infantis e passou para o setor de coronavírus, deixando desassistidos os pacientes que precisarem de outros atendimentos que não sejam sobre a pandemia. Na prática, Cacoal teve os leitos de UTIs diminuídos pela decisão do secretário de saúde de Rondônia e muitas pessoas poderão ficar sem atendimento nos próximos dias.

BASE FRAGILIZADA

  • O vereador Wilson Tim não é mais da base de apoio à administração da prefeita Glaucione Rodrigues. Como em política tudo muda com muita rapidez, não podemos afirmar que o conflito vai durar muito tempo, porque a possibilidade do conflito durar até o fim do mandato é a mesma de haver uma trégua. Segundo uma fonte da prefeitura, o vereador está muito magoado porque as pessoas que ele tinha nomeado na administração foram exoneradas. Esta semana, o vereador gravou vários vídeos nas redes sociais criticando a prefeita porque somente agora, depois de três anos e meio de mandato, algumas obras estão sendo feitas. O curioso é que, enquanto tinha pessoas ligadas ao vereador nomeadas na administração, ele também ficou três anos e meio sem perceber que os bairros precisavam dos serviços que ele cobra somente agora.

CANTEIROS DE OBRAS

  • Os assessores mais empolgados da prefeita Glaucione Rodrigues estão em festa, porque, segundo eles, a cidade possui vários canteiros de obras em todos os setores da cidade. Claro que as obras em andamento são importantes e necessárias, mas não dá para entender por que não foram feitas desde 2017. Esta semana, o vereador Valdomiro Corá, cunhado da prefeita, usou a tribuna para explicar que as obras em andamento estão sendo feitas com recursos de empréstimos que foram ainda no período em que o padre Francesco Vialeto era prefeito a Câmara de Cacoal e aprovou os citados empréstimos. Segundo Corazinho, os recursos estavam liberados desde a gestão anterior e agora estão sendo aplicados em obras. Algumas pessoas próximas à prefeita, inclusive assessores, argumentam que, se fizesse as obras antes, o povo poderia esquecer e por isso estão sendo feitas agora no ano das eleições. Comemorar esse tipo de situação não faz o menor sentido!

AVALISTA DO GOVERNO

  • O deputado estadual Adailton Fúria tem sido um defensor ferrenho das promessas feitas pelo secretário de saúde de Rondônia, Fernando Máximo. Neste período de pandemia, Fúria tem atuado como o fiador das promessas do secretário, mas isto pode gerar um desgaste ao deputado. Nesta semana, vários vereadores de Cacoal questionaram a conduta do secretário, que é considerado mentiroso por diversos vereadores. Pouco tempo atrás, Fernando Máximo prometeu que Cacoal ganharia 10 novos leitos de UTI para o atendimento aos doentes vítimas da Covid-19. Entretanto, os vereadores constataram que o governo desativou as UTIs infantis que já existiam em Cacoal e passaram para o setor de Covid-19. Essa ação não garante ao município ganhar dez UTIs, mas sim diminui a capacidade de atendimento á população. O deputado Fúria não pode defender esse tipo de medida. Em passagem recente por Cacoal, o secretário estadual disse que Rondônia, assim como todo o mundo, está enfrentando dificuldades na busca por equipamentos e remédios. Segundo ele, todos querem e precisam dos mesmos materiais, por isso o que tem atrasado muitas das ações é a falta de suprimentos para aquisição.

CRIME DE RESPONSABILIDADE

  • Aliás, Adailton Fúria declarou em contato com lideranças políticas de Cacoal que não pode fazer muita coisa para ajudar a resolver os problemas da pandemia no município, porque existe um decreto do governador que impede a Assembleia Legislativa de Rondônia de agir. Essas informações, porém, não procedem, porque os deputados possuem total liberdade para tomar todas as medidas que quiserem em defesa da população, mesmo porque a pandemia do coronavírus não tira os direitos e deveres de nenhum dos poderes. Caso o governador tivesse assinado algum documento impedindo a Assembleia de funcionar, ele cometeria crime de responsabilidade previsto no Art. 4º, da lei 1.079/1950, e poderia ter o mandato cassado pelos deputados.

CARTÃO DA DISCRIMINAÇÃO

  • O vereador Claudemar Littig, conhecido como Mão, questionou, na sessão ordinária da Câmara de Cacoal sobre as injustiças cometidas pelo governo de Rondônia, em relação ao cartão criado pelo governo para beneficiar os estudantes do estado. O governo de Rondônia, através da Secretaria de Estado da Educação, criou um cartão magnético que está sendo distribuído para alunos que, segundo o governo, precisam de ajuda financeira. O valor do cartão é de R$ 75,00 e as escolas estão fazendo a entrega. As reclamações do vereador são corretas, porque é muito pequeno o número de estudantes que estão recebendo o benefício, mas o governo alega que é uma forma de repassar para os estudantes os recursos da merenda escolar que não está sendo servida nas escolas. O vereador alega que inúmeras famílias carentes da zona rural de Cacoal não recebem o benefício e pessoas que possuem boas condições financeiras foram beneficiadas. O governo precisa rever essa situação.

CPI DA ENERGISA

  • Na sessão da última segunda-feira, na Câmara de Cacoal, os vereadores Mário Angelino Moreira e Valdomiro Corá apresentaram pedido à Mesa Diretora da Casa, solicitando que os deputados eleitos pelo município, Adailton Fúria e Elcirone Deiró, sejam convidados ao legislativo municipal para fazerem esclarecimentos sobre as medidas que foram adotadas pela CPI da Energisa, instalada na Assembleia Legislativa de Rondônia, em setembro de 2019. Os vereadores afirmam que é importante convidar os deputados para falarem sobre o assunto, visto que a Assembleia Legislativa fez audiências em diversos municípios de Rondônia para ouvir a população e conhecer de perto os abusos cometidos pela Energisa contra os contribuintes. Claro que os deputados não são obrigados a aceitarem o convite dos vereadores, mas seria uma ótima oportunidade de mostrar os resultados da CPI para a população de Cacoal e até mesmo para outros municípios, já que as sessões da Câmara de Cacoal são transmitidas ao vivo por vários canais eletrônicos

ELEIÇÕES MUNICIPAIS

  • O apresentador da TV Allamanda, Diego Maia, em parceria com outras pessoas, está fazendo um trabalho muito interessante com os pré-candidatos a prefeitos de Cacoal. Todas as pessoas declaradas como pretendentes ao cargo poderão responder perguntas no grupo de Whatsapp “Amigos do Diego Maia”. As perguntas são encaminhadas com antecedência para o administrador do grupo e são repassadas aos pré-candidatos no grupo, sendo que no momento das respostas, os membros do grupo são bloqueados para comentários, evitando que haja tumultos. A sequencia de participação dos pré-candidatos foi estabelecida por sorteio e cada dia será um deles. O primeiro a participar da sabatina foi o pré-candidato do DEM, Marco Aurélio Vasques e nos próximos dias todos os demais terão oportunidade. Parabéns aos organizadores da sabatina!!
  • MARATONA: Também já participaram, além de Marco Aurélio Vasques(na quarta), o empresário do grupo Machadão, Eleandro Matt(na quinta) e a atual prefeita, que tenta a reeleição, para um mandato de dois anos, uma vez que dizem que ela vai pleitear vaga na Câmara Federal ou até no Senado Federal, em 2022, Glaucione Rodrigues(na sexta). A maratona não para por ai, já que dizem ter até o presente momento oito pré-candidatos a prefeito no próximo pleito. E na próxima segunda feira será a vez do advogado, ex-presidente da OAB Cacoal, Tony Pablo.
Boca Maldita
Boca Maldita 2261 – 19.06.2020
Compartilhar:

Notícias Relacionadas

Dimas Barbosa anuncia pré-candidatura a prefeito de Cacoal pelo PSL

Texto e foto: Da Assessoria – O presidente municipal do Partido Social Liberal (PSL), Dimas Barbosa, o Dimas dos Correios, […]

12/07/2020

Família deixa gorjeta de US$ 1 mil em restaurante nos EUA

Do UOL, em São Paulo – Os funcionários de um restaurante em Nova Jersey, nos Estados Unidos, levaram um susto […]

12/07/2020

Bolsonaro critica ‘pânico disseminado’ por causa da pandemia

“A desinformação foi uma arma largamente utilizada. O pânico foi disseminado fazendo as pessoas acreditarem que só tinham um grave […]

12/07/2020

Cacoal perde Genésio Lima - Nota da Associação Cacoalense de Imprensa

Foto: Arquivo NOTA DE SAUDADE Inicialmente nos libertamos de qualquer formalidade nesta nota, pois a pessoa da qual nos despedimos […]

12/07/2020