Anúncio
Anúncio

Ministro da Infraestrutura diz que Brasil vive revolução ferroviária

31/07/2020

Compartilhar:
Live Da Semana 30/07/2020

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, disse hoje (30) que uma revolução ferroviária está em curso no Brasil. O ministro participou no início da noite de uma transmissão ao vivo nas redes sociais com o presidente Jair Bolsonaro e falou sobre o trabalho da pasta para aumentar o número de ferrovias em todo o país. 

Segundo o ministro, uma decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) vai permitir, pela primeira vez, a implantação do modelo de investimento cruzado, no qual trechos de ferrovias serão construídos pela iniciativa privada, sem custos para o governo. 

Tarcísio Freitas explicou que a decisão permitiu a renovação antecipada dos contratos de concessão de estradas de ferro operadas pela mineradora Vale. Pelo novo modelo, a empresa vai construir ferrovias para o governo em vez de pegar a outorga. Quando a ferrovia estiver pronta, o trecho construído será licitado, gerando uma nova outorga. 

De acordo com o ministro, o modelo vai permitir R$ 17 bilhões de investimentos privados em ferrovias, vai beneficiar 55 municípios com obras e gerar 65 mil empregos. Entre as obras previstas estão as ferrovias do trecho entre Cariacica-Anchieta, no Espírito Santo, a ferrovia de integração do Centro-Oeste, que vai ligar o Vale do Araguaia, no Mato Grosso, à Ferrovia Norte-Sul, permitindo o escoamento de 10 a 15 toneladas de grãos. 

“Tem uma revolução ferroviária em curso, presidente. Nós vamos dobrar a participação do modo ferroviário na matriz de transportes”, disse o ministro. 

Durante a transmissão, o ministro da Infraestrutura também disse que a previsão da pasta é construir mais 4 mil quilômetros de ferrovias pelo país, chegando a 32 mil quilômetros finalizados. Entre as obras citadas pelo ministro está o trecho da Ferrovia Norte-Sul, que vai ligar o Porto de Itaqui (MA) ao Porto de Santos e terá R$ 2,8 bilhões de investimento.  (EBC)

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

FIERO e parceiros debatem o desenvolvimento sustentável da Amazônia

Visão de futuro, oportunidades e desafios para a Região Amazônica é o tema do encontro digital, que a Federação das […]

10/08/2020

O DIA 10 DE AGOSTO NA HISTÓRIA

DIA 10 DE AGOSTO: RONDÔNIA: Em 1960 – O governador do Território de Rondônia, Milton Lima, e o secretário Ary […]

10/08/2020

Unesc amplia atuação em Cacoal investindo na área da saúde

Mesmo em meio à pandemia e aos impactos ocasionados pelo novo coronavírus, a Unesc não tem medido esforços para investir […]

10/08/2020

Emater retoma atendimento nos escritórios regionais com foco na segurança de produtores e servidores

A Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater) retoma gradativamente os atendimentos presenciais nos escritórios regionais […]

10/08/2020