Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

Contratações emergenciais transparentes garantem a Rondônia 1º lugar em classificação internacional durante a pandemia

01/08/2020

Compartilhar:

Contratações emergenciais transparentes em saúde pública no combate ao contágio da Covid-19 deram ao governo de Rondônia nota 100 e o primeiro lugar no ranking nacional e internacional no ranking da OKBR.

OKBR é a sigla da Open Knowledge Brasil (OKBR), também chamada de Rede pelo Conhecimento Livre. Ela é uma organização da sociedade civil sem fins lucrativos e apartidária, que atua desde outubro de 2013 em mais de cem países.

No ranking de transparência das contratações, os estados do Ceará, Espírito Santo e Rondônia ocupam o primeiro lugar, com nota 100, seguidos de Alagoas, Amapá e Distrito Federal e Goiás, que obtiveram 98,73, depois, Minas Gerais com 97,47, Pernambuco e Tocantins com 93,67.

No Palácio Rio Madeira, sede do governo estadual, o resultado da classificação motivou contentamento geral entre todos os órgãos responsáveis por administrar investimentos em saúde durante a pandemia.

“É um dever do Estado cuidar bem da transparência, e Rondônia o encara com a máxima prioridade”, disse nesta sexta-feira (31) o controlador-geral do Estado Francisco Neto.

Segundo o controlador geral do estado, Francisco Neto, esse trabalho vem sendo feito com dedicação e segurança, coroando o esforço do governo de Rondônia em boas práticas. Francisco Neto lembrou que a transparência internacional já havia situado Rondônia no grau “ótimo”, e agora o classifica em primeiro lugar.

Rondônia está entre os classificados em primeiro no mundo em todo tipo de prestação de contas de investimentos nessa área, constata a OKBR.

O que prejudicou os menos classificados nesse ranking foi a falta de detalhamento das contratações emergenciais e o fato de os dados estarem espalhados por vários portais diferentes. Portais de alguns órgãos federais seguem os padrões recomendados, embora divulguem informações sobre suas respectivas contratações e não do governo como um todo.

De acordo com a Controladoria Geral da União (CGU), outros sites trazem apenas números agregados que, embora possam ser úteis para fins estatísticos e de pesquisa, não facilitam o acompanhamento de contratações individuais pelas organizações da sociedade civil, jornalistas e órgãos de controle.

_______

* A nota média dos estados aumentou de 59,5 pontos no primeiro levantamento, há dois meses, para 85,7 nesta edição. Entre as capitais, a média foi de 45,8 para 85,2 no mesmo período.

Texto: Montezuma Cruz
Fotos: Frank Néry e Ítalo Ricardo

Compartilhar:
Categorias: Geral

Notícias Relacionadas

Polícia Militar: Um gesto de gratidão e bondade

No dia 12 de setembro, sábado passado, um policial militar lotado no 2º Pelotão de Polícia Militar -Santa Luzia D’Oeste, […]

19/09/2020

Rolim de Moura entra na rota do Mapeia Rondônia com a realização de 460 testes rápidos para diagnóstico da Covid-19

Drive-thru movimentou o município de Rolim de Moura, com realização de testagens rápidas para diagnostico da Covid-19 A realização de […]

19/09/2020

Tratamento de cardiopatias não piora quadro de covid-19, diz estudo

Desde o início da pandemia, entidades médicas têm manifestado preocupação com a evolução da covid-19 em pacientes cardiopatas Um estudo […]

19/09/2020

País registra 858 novas mortes por covid-19 em 24h, total vai a 135.793

Desde esta quinta-feira, 17, até ontem, foram registrados 39.797 novos casos de covid, elevando o total no País para 4.495.183. […]

19/09/2020