Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

Rondônia comemora Dia Nacional do Campo Limpo com ações de solidariedade

10/08/2020

Compartilhar:
Dia Nacional Do Campo Limpo

A comemoração da 16ª edição do Dia Nacional do Campo Limpo, em 18 de agosto, será adaptada ao atual momento. Com o tema “Celebrar conquistas e multiplicar solidariedade”, o evento terá atividades virtuais e a promoção de ações de solidariedade, que vão envolver 97 unidades de recebimento de todo o país. A mobilização do Sistema Campo Limpo (programa de logística reversa de embalagens vazias e sobras pós-consumo de defensivos agrícolas) deve resultar na arrecadação de 9 mil cestas básicas, equivalente a 140 toneladas de alimentos, para ajudar a quem precisa neste momento. No estado de Rondônia, participará a central de recebimento de Cacoal, que irá promover a doação de 150 cestas básicas no município em que está localizada.

As atividades presenciais, em 2020, serão substituídas por iniciativas virtuais e por ações solidárias nas diversas localidades. O inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), entidade gestora do Sistema, e associações de revendas realizaram parcerias com instituições para promover doações de cestas básicas e outros itens. “O Sistema vai mobilizar a comunidade para celebrar a data praticando o bem. Ao mesmo tempo em que reconhecemos o empenho de todos que mantiveram o Sistema funcionando com segurança e eficiência, reafirmamos nosso compromisso com a construção de uma sociedade melhor”, destaca João Cesar Rando, diretor-presidente do inpEV.

As ações de solidariedade serão divulgadas nas redes sociais do inpEV, assim como um tour virtual por uma unidade de recebimento (uma vez que não haverá comemorações nas centrais), esquete teatral gravada, direcionada para alunos do Ensino Fundamental e diversas outras atividades que celebram os resultados do Sistema Campo Limpo este ano.

No dia 18, como evento oficial de celebração da data, o Canal Terra Viva vai exibir o programa Agro 360 Especial Dia Nacional do Campo Limpo, às 13h. Com a participação de representantes de elos da cadeia agrícolas e convidados, o programa mostrará várias ações de solidariedade que estarão acontecendo em todo o país. O primeiro evento virtual da semana de comemorações acontecerá dia 17 de agosto, durante o “Dia de Campo: Caminhos do Agro SP”, promovido pela secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.  Às 17h30, haverá uma live com a participação do diretor-presidente do inpEV e do secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento de São Paulo, Gustavo Junqueira, além da exibição de episódio especial sobre o Sistema Campo Limpo.

Referência mundial na destinação adequada dessas embalagens, o Sistema vai comemorar seus bons resultados. São mais de 575 mil toneladas de embalagens vazias de defensivos agrícolas corretamente destinadas desde 2002. Atualmente, o programa encaminha para reciclagem 94 de cada 100 embalagens recebidas.

Sobre o Dia Nacional do Campo Limpo

O Dia Nacional do Campo Limpo foi instituído no calendário brasileiro em 18 de agosto, por meio da Lei Federal 11.657 de 16 de abril de 2008. Desde então, cerca de um milhão de pessoas, de todo o país, já participaram das comemorações. A celebração da data é realizada pelas unidades de recebimento de embalagens vazias, com apoio do inpEV, seus associados fabricantes de defensivos agrícolas, entidades representativas do setor, organizações públicas (governo municipal e estadual) e privadas, além de outros apoiadores locais.

Sobre o inpEV

Desde 2002, o inpEV (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias) é entidade gestora do Sistema Campo Limpo nas atividades de destinação de embalagens vazias de defensivos agrícolas e promove ações de conscientização e educação ambiental sobre o tema, conforme previsto em legislação. É uma instituição sem fins lucrativos formada por mais de 100 empresas e nove entidades representativas da indústria do setor, distribuidores e agricultores.

Sobre o Sistema Campo Limpo

O Sistema Campo Limpo tem como base o princípio das responsabilidades compartilhadas entre todos os elos da cadeia produtiva (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) para realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas. O Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta do material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração. (Assessoria)

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

Polícia Militar: Um gesto de gratidão e bondade

No dia 12 de setembro, sábado passado, um policial militar lotado no 2º Pelotão de Polícia Militar -Santa Luzia D’Oeste, […]

19/09/2020

Rolim de Moura entra na rota do Mapeia Rondônia com a realização de 460 testes rápidos para diagnóstico da Covid-19

Drive-thru movimentou o município de Rolim de Moura, com realização de testagens rápidas para diagnostico da Covid-19 A realização de […]

19/09/2020

Tratamento de cardiopatias não piora quadro de covid-19, diz estudo

Desde o início da pandemia, entidades médicas têm manifestado preocupação com a evolução da covid-19 em pacientes cardiopatas Um estudo […]

19/09/2020

País registra 858 novas mortes por covid-19 em 24h, total vai a 135.793

Desde esta quinta-feira, 17, até ontem, foram registrados 39.797 novos casos de covid, elevando o total no País para 4.495.183. […]

19/09/2020