Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

Mais de 900 profissionais das forças de segurança já contraíram Covid-19 em RO

Desses, 105 ainda são ativos; estado contabiliza oito mortes desde o começo da pandemia até a última sexta-feira (16). Policiais militares representam 54% do total de contágios

18/10/2020

Compartilhar:
Seguranca Policia

Novecentos e cinco profissionais das forças de segurança de Rondônia, entre policiais civis, militares, penais e do Corpo de Bombeiros, já foram infectados com o novo coronavírus, aponta dados da Secretaria Estadual de Saúde (Sesau) atualizados até a última sexta-feira (16).

O levantamento reúne números desde o início da pandemia, que começou em março, e estão dispostos no painel de acompanhamento da Covid-19, do governo.

Policiais militares representam 54% dos infectados, sendo o efetivo mais afetado com 490 casos confirmados. Na sequência vem policiais penais (203), policiais civis (114), bombeiros (90) e perícia (8). A categoria também soma oito mortes decorrentes da doença e 792 recuperações.

Ainda há, segundo a Sesau:

  • 105 casos ativos;
  • 153 profissionais com suspeita de infecção;
  • 518 profissionais afastados; e
  • 807 casos descartados.

Perícia

  • 8 recuperados
  • 6 descartados
  • 3 suspeitos
  • 8 confirmados
  • nenhum afastamento
  • nenhum caso ativo
  • nenhum óbito

Polícia Penal

  • 174 recuperados
  • 225 descartados
  • 23 suspeitos
  • 203 confirmados
  • 317 afastamentos
  • 23 casos ativos
  • 3 óbitos

Bombeiro Militar

  • 87 recuperados
  • 73 descartados
  • 3 suspeitos
  • 90 confirmados
  • 25 afastamentos
  • 3 casos ativos
  • nenhum óbito

Polícia Militar

  • 442 recuperados
  • 435 descartados
  • 106 suspeitos
  • 490 confirmados
  • 147 afastamentos
  • 46 casos ativos
  • 2 óbitos

Polícia Civil

  • 81 recuperados
  • 68 descartados
  • 23 suspeitos
  • 114 confirmados
  • 29 afastamentos
  • 30 casos ativos
  • 3 óbitos

Mortes

A policial civil Lucinéia Pereira da Silva tinha 45 anos e era lotada na delegacia de Alvorada. Ela morreu em setembro em Alvorada D’Oeste (RO) por Covid-19. Lucinéia deixou filhos, um deles também policial.

Lucinéia Pereira da Silva morreu vítima da Covid-19 — Foto: Facebook/Reprodução
Lucinéia Pereira da Silva morreu vítima da Covid-19 — Foto: Facebook/Reprodução

Em junho, a policial penal Laudicéia Bezerra Siqueira Campos, de 34 anos, também morreu em decorrência da doença. Laudicéia era lotada no Centro de Ressocialização Suely Maria Mendonça, uma penitenciária feminina, em Porto Velho.

Em nota, a Sejus disse que o profissionalismo e a dedicação da policial penal “farão muita falta” à secretaria.

Policial penal Thiago Alfaia morre com Covid-19 em Porto Velho — Foto: Facebook/Reprodução
Policial penal Thiago Alfaia morre com Covid-19 em Porto Velho

Também em junho, o policial penal Thiago Alfaia Santos, de 41 anos, morreu por Covid-19 um dia antes de seu aniversário. Thiago pertencia ao Grupo de Ações Penitenciárias Especiais (Gape), o grupo de elite da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus).

Em nota de pesar, o Singeperon disse que o policial estava há 11 anos no cargo e “se dedicava à cada missão como se fosse a última, e valorizava os momentos com os companheiros”. (G1/RO)

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

Afogamento: Mais um jovem morre afogado enquanto banhava com amigos no Rio Urupá

As mortes por afogamento este ano, tem superado os limites de todos os outros anos. Já foram muitas vidas perdidas […]

25/10/2020

Adoção e abandono de animais domésticos aumentaram

Ter, em casa, a companhia de um animal doméstico pode representar, para muitos, uma forma de espantar a solidão que […]

25/10/2020

Vasques avança o diálogo com a população e intensifica reuniões em bairros de Cacoal

O candidato a prefeito, Marco Aurélio Vasques (DEM), na primeira semana de campanha recebeu inúmeros apoios e intensificou sua agenda […]

25/10/2020

70.350 rondonienses contraíram Covid-19

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da […]

25/10/2020