Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

CPI DA ENERGISA – Coluna BOCA MALDITA – (01.01.2021)

03/01/2021

Compartilhar:
Boca No Trambone 2 150x150 1

POSSE DOS ELEITOS

Nesta sexta-feira, 1º de janeiro, tomam posse os 12 vereadores e o prefeito eleito em Cacoal, Adailton Fúria. Como acontece em todas as posses, certamente a população deposita muita esperança nos novos eleitos e espera deles que tenham compromisso com a cidade. Nas eleições ocorridas em 15 de novembro, foram eleitos em Cacoal 10 vereadores novatos e apenas 02 conseguiram a reeleição. Este fato deixa muito clara a ideia de que os cacoalenses desejam mudanças profundas no cenário político da cidade. Com certeza, os eleitores de Cacoal estarão de olho nos próximos mandatários e haverá cobranças duras, porque a cidade não pode ter uma câmara sem compromisso com a população. Muitas coisas precisam ser feitas em Cacoal, mas a maior parte dos vereadores que deixam o mandato deram prioridade para barracos e confusões dentro da Casa de Leis.

ELEIÇÃO DA MESA

O primeiro grande teste dos vereadores novatos será a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Cacoal, porque existem muitas conversas de bastidores no sentido de que vários novatos que prometeram moralizar as coisas já entraram no jogo de troca de favores. Negociações de todo tipo estariam acontecendo nos bastidores, envolvendo cargos na câmara e na prefeitura. As mudanças de conduta dentro da Câmara de Cacoal, a partir de fevereiro, quando começam as sessões ordinárias, podem até acontecer, mas diversos dos vereadores novatos eleitos em 15 de novembro passaram a adotar algumas práticas que eram muito condenadas por eles antes da eleição. Um dos grandes problemas da Câmara de Cacoal na última legislatura foi justamente fazer negociatas de cargos e favores com o executivo, porque essa prática compromete a independência dos poderes e corrompe as relações políticas e a administrativas. No caso da eleição para os membros da Mesa Diretora, é necessário que haja seriedade e compromisso com a moralidade, como prometeram todos os candidatos durante quase dois meses de campanha.

NOVOS SECRETÁRIOS

Além da expectativa para conhecer a nova Mesa Diretora da Câmara de Cacoal, que conduzirá os destinos do legislativo no primeiro biênio da legislatura 2021/2024, há muitas pessoas ansiosas para saber quem serão os novos secretários da administração “A Força da Nova Geração” que terá Adailton Fúria e Cássio Gois como comandantes. Alguns nomes já vêm sendo citados em diversos lugares da cidade, mas não houve, até este momento nenhuma confirmação por parte do prefeito eleito. Cogita-se inclusive que pelo menos dois secretários da gestão Glaucione devem permanecer com a nova administração municipal, em virtude de acordos firmados em campanha. Além disso, dois ou três nomes de pessoas que são de outros municípios estão cotados para ocupar pastas em Cacoal. O prefeito eleito, Adailton Fúria, prometeu diversas vezes fazer uma administração bem diferente da sua antecessora, mas no quesito nomear secretários de outros municípios tudo indica que não será muito diferente do estilo da administração do MDB da prefeita Glaucione Rodrigues.

COMISSÃO PROCESSANTE

Falando na prefeita Glaucione  Rodrigues, ela obteve esta semana uma vitória contra Comissão Processante instalada na Câmara de Cacoal em que é discutida a cassação do mandato da prefeita. A denúncia foi assinada pelo vereador Claudinei Ribeiro (Castelinho) após a prefeita ter sido presa pela Polícia Federal, acusada de receber vantagens indevidas de um empresário que possui contrato de coleta de lixo em Cacoal. Por decisão do juiz Elson Pereira de Oliveira Bastos, da Comarca de Cacoal, a tramitação do processo está suspensa. A decisão não é definitiva e pode ser revista no julgamento de mérito. Em sua decisão, o magistrado esclarece que a Comissão Processante deixou de cumprir alguns requisitos do processo, fato que teria provocado indícios de nulidades dos atos. Antes desta liminar, o Ministério Público de Rondônia, através da Promotoria de Justiça de Cacoal, havia encaminhando ao presidente da câmara, Valdomiro Corá, uma recomendação para que o relatório produzido pela Comissão Processante fosse colocado em votação no plenário. O relatório da comissão pede que a prefeita afastada seja punida pelo crime de quebra de decoro, previsto na Lei de Improbidade Administrativa  e no Decreto – Lei 201/1967.

COVID-19 EM CACOAL

Todas as pessoas que vivem, trabalham ou fazem turismo em Cacoal precisam colaborar para evitar que a nova onda de covid-19 atinja a cidade com muita força. Há muitas pessoas brincando com a gravidade da doença e se expondo facilmente nas ruas. Porém a situação ficou grave nos últimos dias e as pessoas precisam ter muito cuidado. Apenas esta semana, entre os dias segunda, terça e quarta, mais de duzentas pessoas foram diagnosticadas com a covid-19 em Cacoal e o número de óbitos tem aumentado significativamente. Em termos proporcionais, Cacoal é hoje o principal foto de covid-19 de Rondônia, ficando à frente da capital do estado. Esses dados deixam claro que existe uma situação muito grave e que o quadro pode ser aumentado, caso não sejam adotadas medidas realmente eficazes. Em Cacoal, o Hospital Regional já não possui mais leitos de UTI disponíveis e diversos profissionais da área de saúde vieram a óbito. A situação é muito grave!!  

CONSCIÊNCIA E PREVENÇÃO

A contribuição da sociedade poderá ser determinante para controlar o avanço da covid-19 em Cacoal. Basta observarmos que todos os municípios que tiveram pouca incidência da doença adotaram todas as medidas possíveis de prevenção. Seguir as orientações das autoridades sanitárias e adotar medidas individuais de proteção contra a doença é fundamental. Nas empresas, observamos que existem os cuidados devidos, empresas públicas e privadas procuram evitar aglomerações, orientam pessoas, oferecem álcool em gel e máscaras. Está faltando um pouco de conscientização da sociedade em geral. As pessoas precisam acreditar que o problema é grave, muito grave, e que pode ceifar muitas vidas. A realização de eventos sociais para comemorar aniversários e coisas do gênero precisam ser repensadas. Não resta nenhuma dúvida de que a participação da população é muito importante para controlar a covid-19. Enquanto a população não entender isso, infelizmente o problema seguirá crescendo.

BRASIL, 200 MIL MORTES

A situação da covid-19 é algo que o Brasil precisará tratar com muita seriedade no começo de 2021. Muita gente lembra que as previsões do governo e de assessores e ministros do governo eram no sentido de que haveria no país menos de 1.000 mortes em consequências da pandemia do coronavírus.  Atualmente, o Brasil vive uma nova onda da doença e o número de óbitos se aproxima rapidamente de 200 mil pessoas vítimas da covid-19. Em termos comparativos, é como se morressem todas as pessoas de Vilhena e Cacoal, duas cidades do estado que possuem juntas cerca de 200 mil habitantes. Os números são alarmantes e precisamos refletir sobre isso. A participação de cada rondoniense é de vital importância para a preservação de vidas. Não há como negar que a covid-19 exterminou um número elevadíssimo de brasileiros. Nosso papel, como sociedade, será determinante para conter as mortes no país e para evitar que o estado de Rondônia tenha novas ondas desta terrível doença.

DÍVIDA DA ENERGISA

Nos últimos dias do ano, a população de Cacoal foi informada sobre uma nova polêmica envolvendo a empresa de energia do estado. Desta vez, a informação é relacionada com uma dívida milionária que o município teria com a Energisa. Em contato com veículos de imprensa do município, o prefeito Adailton Fúria declarou que se trata de dívidas contraídas por vários ex-prefeitos da cidade e informou que os valores são de aproximadamente 27 milhões de reais. A confusão veio a público porque o novo prefeito alega que a prefeita interina, Maria Simões, decidiu assumir a dívida nos últimos dias de mandato. Assessores da prefeita Maria Simões informam que a história não é bem assim e que existe uma decisão judicial sobre a dívida. Ainda segundo assessores da prefeita, caso o município assuma a dívida até o fim de 2020, o valor será reduzido para cerca de 5 milhões. Neste caso, se realmente existe uma decisão judicial, mais cedo ou mais tarde a dívida terá que ser quitada. É preciso que os fatos sejam devidamente esclarecidos para que o contribuinte saiba a verdade sobre a dívida.

CPI DA ENERGISA

Aliás, o ano de 2020 chegou ao fim e a Energisa continua abusando dos contribuintes no estado. A Comissão Parlamentar de Inquérito instalada na Assembleia Legislativa de Rondônia passou mais de um ano em andamento e não trouxe nenhuma resposta aos rondonienses que trabalham duramente para sustentar suas famílias. Os deputados membros da CPI rodaram o estado inteiro fazendo barulho e dizendo que a empresa seria punida por abusar dos contribuintes. Todo esse barulho aconteceu no começo da CPI. Depois de mais de um ano, um relatório foi apresentado na Assembleia Legislativa, mas não mudou em nada a situação e os abusos continuam. Aqueles discursos duros contra a Energisa, proferidos pelos deputados, ficaram todos no passado e certamente o resultado da CPI será contra os contribuintes. Todo mundo lembra que a CERON nunca foi nenhuma perfeição, mas a privatização dos serviços de energia elétrica no estado trouxe prejuízos que ficarão por décadas nas costas dos rondonienses em todos os municípios, distritos e vilas de Rondônia.

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

Governo suspende visitas a presos para evitar disseminação da Covid em Rondônia

Estarão suspensas, a partir da próxima segunda-feira 18, as visitas sociais nos estabelecimentos penais do Estado de Rondônia, por deliberação […]

17/01/2021

Novo decreto limita acesso a supermercados e farmácias e impõe regras para venda e consumo de bebidas

O Governo do Estado publicou na noite deste sábado (16), um novo decreto, com regras ainda mais duras Em uma […]

17/01/2021

O DIA 17 DE JANEIRO NA HISTÓRIA

Lúcio Albuquerque – jlucioac@gmail.comBOM DIA 17 DE JANEIRO! RONDÔNIAEm 2009 – Falece em Porto Velho, aos 94 anos, o professor, […]

17/01/2021

Enem em Cacoal: Nota de esclarecimento do prefeito Adailton Furia

O Prefeito do Município de Cacoal, Sr. Adailton Antunes Ferreira, por sua assessoria de imprensa, informa a população de Cacoal […]

16/01/2021