Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

Coluna Boca Maldita – Fiscalização em Cacoal (12.02.2021)

12/02/2021

Compartilhar:

CAMPANHA DE VACINAÇÃO

Nos dias 08, 09 e 10 deste mês, o município de Cacoal realizou a vacinação de idosos com 80 anos ou mais. Esta programação é a segunda parte dos trabalhos de imunização de grupos prioritários, já que a primeira etapa atendeu profissionais de saúde, idosos que vivem em abrigos, populações tradicionais e quilombolas. A estimativa da Secretaria de Saúde em Cacoal era atender esta semana cerca de 1.200 idosos com idade igual ou superior a 80 anos. Neste caso, a contribuição dos familiares dos idosos é fundamental. Com a crescente onda de crescimento da covid-19 em Rondônia, é muito importante que todos os segmentos considerados grupos de riscos atendam as chamadas das autoridades e compareçam para a vacinação, porque, cientificamente, é a única forma de proteção contra a doença que matou até hoje quase 250 mil brasileiros.

URBANO NORTE

Já que estamos falando em campanha de vacinação, vale a pena registrar a importante iniciativa da empresa de transporte por aplicativo Urbano Norte que decidiu oferecer, gratuitamente, transporte para os idosos convocados para a vacinação esta semana. Esta decisão da empresa revela o respeito e o carinho pelas pessoas que dedicaram grande parte da sua vida e toda a juventude para fazer de Cacoal e de Rondônia o município e o estado que é hoje. Como sabemos, existem centenas de idosos em Cacoal que não dispõem de condições para se locomoverem ao local de vacinação, seja por alguma dificuldade de saúde ou mesmo pela distância que existe entre o centro da cidade, local de vacinação e os bairros distantes da região central do município, além das muitas pessoas idosas que residem no setor rural do município.

ATENDIMENTO DA HEMODIÁLISE

No começo desta semana, a empresa que atende aos pacientes de hemodiálise em Cacoal anunciou que os serviços de atendimento serão encerrados porque não existem as condições financeiras adequadas para continuar prestando o serviço. A empresa atende pacientes de Cacoal e de outros municípios da região, numa espécie de consórcio entre os municípios. Os recursos são da União e também há parcerias entre os municípios e o estado. O prefeito de Cacoal, Adailton Fúria comunicou que a administração municipal, em parceria com o governo de Rondônia, está tomando as medidas cabíveis para que o atendimento tenha continuidade no município. Segundo o prefeito, são atendidas cerca de 40 pessoas de Cacoal e aproximadamente 100 pessoas de municípios vizinhos.

PROTESTO NA EDUCAÇÃO

O Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado de Rondônia (SINTERO), em parceria com o Sindicato dos Professores de Rondônia (SINPROF), protestaram duramente contra o Chefe da Casa Civil do governo Marcos Rocha, Júnior Gonçalves, quando o secretário anunciou a volta às aulas presenciais com alunos de 3º anos do Ensino Médio e 9° anos do Ensino Fundamental. A razão da insatisfação é que desde o início da pandemia, em março de 2020, centenas de servidores da educação faleceram em decorrência da Covid-19 e muitos deles encontram-se internados em estado grave neste momento, além dos que ficaram com sequelas da doença. O grande problema é que, em Rondônia, existe um número muito alto de trabalhadores da educação que fazem parte dos grupos de risco da covid-19. A volta às atividades presenciais neste momento certamente vai decretar a morte de muitos deles, caso não haja a vacinação da categoria. Não existem as condições necessárias para a volta de aulas presenciais, garantem os dirigentes do SINTERO e SINPROF.

COVID – 19 AUMENTA

Os boletins oficiais do governo de Rondônia e do município de Cacoal informam que a Covid-19 está em fase de aumentar no estado e diversos municípios de Rondônia. Por esta razão, é necessário ouvir as orientações das autoridades sanitárias e adotar todas as medidas de proteção e prevenção, porque a doença é muito perigosa e mortal. O número de óbitos em Rondônia esta semana foi alarmante e muitas pessoas foram transferidas para outros estados, porque o sistema hospitalar de Rondônia entrou em colapso. Alguns grupos de profissionais e outros segmentos da sociedade já receberam as primeiras doses da vacina contra a covid-19, mas ainda levará muito tempo para que seja possível imunizar toda a população. Até este momento, a melhor forma de combater a doença, para aqueles que não foram vacinados, é o isolamento social, o uso de máscaras e álcool em gel.

FISCALIZAÇÃO EM CACOAL

Nos primeiros dias deste ano, o Conselho Regional de Medicina de Rondônia – CREMERO – enviou ao município de Cacoal uma equipe para fazer a fiscalização do Hospital de Campanha inaugurado em janeiro pelo prefeito Adailton Fúria. Segundo o relatório do CREMERO, existem diversas deficiências que precisam ser sanadas com urgência, como a falta de equipamentos e aparelhos necessários ao expediente da citada unidade de saúde. Entre os equipamentos citados pelo CREMERO estão alguns que são utilizados para restabelecer a respiração dos pacientes ou para proteger o sistema respiratório. Como o Hospital de Campanha é voltado para o atendimento a vítimas da Covid-19, todos os equipamentos que tratam de proteger a respiração certamente são indispensáveis em um hospital para esta finalidade.

HOSPITAL DE CAMPANHA

Ainda sobre o Hospital de Campanha do Município, poucos dias atrás o diretor da unidade divulgou nas redes sociais um vídeo em que ele afirma que o Secretário Municipal de Saúde estava há vários dias sem visitar o hospital. O médico afirma, ainda, que mandou diversas mensagens de WhatsApp para o secretário, que houve a visualização das mensagens, mas que não obteve respostas. Conforme é possível perceber, o diretor do Hospital de Campanha teme que alguma pessoa venha a necessitar de atendimento e que faltem equipamentos ou medicamentos que devem ser fornecidos pela secretaria de saúde. Segundo declarações do diretor da unidade, é necessário que o secretário compareça ao Hospital de Campanha com frequência para conhecer as demandas e tomar as medidas cabíveis. Esta semana, circulou nas redes sociais a informação de que o diretor do Hospital de campanha pediu exoneração do cargo.

ELEIÇÕES EM RONDÔNIA

Nos primeiros dias deste ano, o prefeito de Porto-Velho, Hildon Chaves, visitou diversos municípios do interior do estado. Estas andanças reforçam as suspeitas de que ele tem avaliado com muito carinho a possibilidade de disputar as eleições de 2022 para o cargo de governador de Rondônia. Inicialmente, aliados do prefeito da capital comentavam que a intenção dele era disputar uma cadeira para deputado federal, mas as declarações feitas pelo próprio prefeito em municípios do interior deixam claro que a ideia dele é outra. Em Vilhena, ele chegou a comentar que se sente preparado para o cargo de governador e que possui muito mais afinidade com cargos do poder executivo, como é o caso do cargo de governador. Por enquanto, podemos dizer, com certeza que, Hildon Chaves é membro aposentado do Ministério Público de Rondônia, prefeito reeleito em Porto-Velho e possui ficha limpa. Além disso, ele faz parte de um grupo político muito forte de Rondônia. Esses fatos o credenciam para pensar em governar o estado. É esperar para ver como fica.

FIM DAS FÉRIAS

Na próxima segunda-feira, dia 15 de fevereiro, os vereadores de Cacoal devem realizar a primeira sessão ordinária de 2021. Ainda não sabemos quais serão os itens da pauta desta sessão, porque não houve a devida divulgação, mas, caso seja transmitida, pelas redes sociais, como era na legislatura anterior, será a primeira oportunidade para a população conhecer todos os membros do legislativo cacoalense. No mês de janeiro, foram realizadas duas ou três sessões extraordinárias para deliberar sobre alguns itens que exigiam urgência, mas nem todos os vereadores se manifestaram na tribuna da Casa de Leis. Agora, como o fim do recesso parlamentar, certamente eles devem se apresentar de forma mais clara para a sociedade e principalmente devem dizer o que pensam, já que a população espera muitas mudanças por parte dessa nova geração de legisladores do município. 

LEITOR TP

A Sargento da Polícia Militar do Estado de Rondônia, Carliane da Penha Lima, esposa do Sargento PM Alberto, mãe do Gabriel e da Pâmela, é pioneira cacoalense e TAMBÉM LÊ TRIBUNA POPULAR

Carliane Tambem Le Tribuna Popular
Compartilhar:

Notícias Relacionadas

Brasil tem maior número de mortes por covid-19 em um dia: 1.910 óbitos

Com os novos casos, o total de pessoas infectadas desde o início da pandemia chegou a 10.718.630. Os dados estão […]

03/03/2021

Jaqueline Cassol anuncia mais recursos para Jaru

Os recursos são frutos das emendas parlamentares da deputada para 2021 A saúde de Jaru terá um reforço importante. A […]

03/03/2021

Jaqueline Cassol garante R$ 8 milhões para a saúde de Rondônia

Prefeitos podem decidir se utilizam os recursos para compra dos imunizantes ou custeio de unidades de saúde A deputada federal […]

03/03/2021

Governo de Rondônia investe na qualidade do ensino ofertado pela Mediação Tecnológica

As aulas são filmadas e transmitidas via satélite e no canal da Mediação Tecnológica O Governo de Rondônia, por meio […]

03/03/2021