Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

Coluna do XAVIER: CACOAL: A ADMINISTRAÇÃO, OS GRUPOS POLÍTICOS E OS BONIFRATES…

Coluna do Xavier de 16 de abril de 2021

16/04/2021

Compartilhar:

A Nossa Amada Cacoal tem assistido, nesses primeiros quatro meses de gestão de Seo Antunes, um constante espetáculo de improvisos, mimimis e cantilenas que são totalmente incompatíveis com aquilo que foi cantado em prosa e verso nas campanhas de 2020. Claro que muitas pessoas não lembram mais da campanha, porque a eleição aconteceu no dia 15 de novembro do ano passado. Provavelmente, a única pessoa que ainda lembra da campanha é Seo Antunes, visto que em todas as lives que protagoniza, ele costuma falar dos supostos adversários da campanha municipal passada, como se essas pessoas fossem culpadas pelas caneladas da atual administração. O prefeito de Nossa Urbe Obediana precisa perceber, com urgência, que divergências políticas existem desde que Platão era criança, considerando que Sócrates nasceu cerca de 40 anos antes de seu conterrâneo e pupilo. Assim, esse mimimi de falar que outros grupos políticos desejam voltar ao poder é delírio pueril. A Capital do Café precisa superar no quesito administrativo esses problemas de adolescência e resgatar a Força da Nova Geração…
Inicialmente, precisamos entender que no universo político não existe unanimidade nem mesmo em Pimenta Bueno, onde o delegado da Operação Detalhe obteve 13.331 votos. O prefeito de Pimenta Bueno é unanimidade apenas nas estatísticas do TRE, nas quais consta que ele teve 100% dos votos. Não nos enganemos!! É preciso saber a opinião dos outros 12.085 eleitores que, por alguma razão, não votaram no delegado. Os “moinhos de ventos” e os “Dom Quixotes” não são uma particularidade de Nossa Urbe Obediana, e isto não pode ser ignorado, nem mesmo por André Prefeito, o jovem mancebo contratado para bater palmas para Seo Antunes nas rede sociais, e os bonifrates da administração. Aliás, o prefeito de Cacoal não deveria esquecer de um fator importante: nos últimos 15 ou 20 anos, o único prefeito de Cacoal que tinha opositores era Franco Vialetto. Franco tinha entre os ferrenhos opositores o Conselho Municipal de Saúde; os vereadores Fúria, Maria Simões, Rafael e vários outros; o governo de Rondônia, vários deputados estaduais, diversos jornalistas, todos os eleitores de Glaucione Maria, o TCE e outras autoridades municipais e estaduais. Mesmo assim, Franco continua sendo o prefeito mais eficiente que tivemos nos últimos 20 anos…
A atual administração não tem nenhum vereador como opositor, o Conselho Municipal de Saúde não existe mais, o Sinsemuc faz oposição somente quando Glaucione Maria é prefeita, a Procuradoria da Câmara abandou os vereadores e se colocou à disposição do prefeito, a turma da depressão é do mesmo palanque do prefeito, diversos deputados estaduais e federais são figurinhas carimbadas nas “lives” de Seo Antunes. Isso sem falar que o vereador Edimar Kapiche assumiu, gratuitamente, a função de atacar sem piedade a “gestão passada”. Onde é que estão os inimigos dessa administração?? Aliás, é muito estranho ver os deputados estaduais e federais batendo palmas todos os dias para a administração, porque Seo Antunes disse, durante toda a campanha, que “Cacoal não precisa de deputados”, Cacoal precisava apenas elegê-lo prefeito. Além de todos os eleitores cacoalenses que saíram de casa no período da pandemia para votar em Seo Antunes, precisamos lembrar que diversas outras pessoas de municípios variados desembarcaram em Nossa Urbe Obediana, após o dia primeiro de janeiro, para tomar posse em cargos de luxo da administração. Isto significa que, além do inegável grupo político que já possuía em Cacoal, o prefeito trouxe outro grupo político para consolidar seu mandato. Reclamar de meia dúzia de pessoas que disputaram a eleição e não foram eleitas é mimimi dos mais fajutos…
Muitas pessoas não lembram, mas em 2020 aconteceu um debate envolvendo os candidatos a prefeitos no prédio da CDL. O evento ocorreu no dia 10 de novembro e, naquela ocasião, Adailton Fúria disse que não precisava de projetos para administrar a cidade, porque tinha tudo na cabeça. Aquilo que o prefeito de Cacoal tem na cabeça sobre a administração municipal precisa ser colocado em prática, com a maior urgência, porque a situação do município é delicada. Para fazer justiça, não podemos afirmar que as mortes de vítimas da covid-19 acontecem na cidade por culpa do prefeito, porque isso não é verdade. Não há como culpar o prefeito pelas mortes e muito menos o governador do estado, mas é necessário que Seo Antunes encontre um novo secretário de saúde para a cidade. Pode estar em Rolim de Moura, pode estar em Vilhena, pode estar em Castanheiras, pode estar na cabeça dele ou em outro lugar… Pode até ser o Pazuello, mas o setor de saúde precisa ter um secretário exclusivo. Esta situação de improviso na saúde pode aumentar o volume dos moinhos de vento em nossa Urbe Obediana… Tenho dito!!!!

FRANCISCO XAVIER GOMES – Professor da Rede Estadual e Articulista

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

Fila de espera por exame de ressonância magnética é zerada em Rondônia

Os pacientes estão aguardando no máximo quatro dias após o agendamento para a realização do exame O Governo de Rondônia, […]

13/05/2021

Vereador Minduim quer limpeza de fossas sépticas nas residências sem esgoto

O vereador cacoalense Ezequiel Câmara Minduim quer limpeza de fossas sépticas nas residências da cidade de Cacoal e seus distritos […]

13/05/2021

Rondônia registra 23 óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da […]

13/05/2021

Exportação de café em nível mundial totaliza 65,4 milhões de sacas em seis meses

Cafés da espécie arábica participaram das exportações com 64% e robusta com 36% % no período de outubro de 2020 […]

13/05/2021