Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

O DIA 27 DE ABRIL NA HISTÓRIA

27/04/2021

Compartilhar:

Por Lúcio Albuquerque – jlucioac@gmail.com

BOM DIA 27 DE ABRIL

COMEMORA-SE

Dia da Empregada Doméstica. Dia Mundial do Design Gráfico. Dia Nacional do Auditor de Controle Externo. Dia do Kung Fu. Católicos lembram São Simeão, Santa Zita de Luca, padroeira das empregadas domésticas.

FATOS

1855 – Brasil e Paraguai firmam um Tratado de Amizade, Comércio e Navegação – 9 anos depois começou a “Guerra do Paraguai”. 

1940 – Inaugurado o Estádio Paulo Machado de Carvalho (Pacaembu) em S. Paulo.

1945 – IIª Guerra Mundial: capturado o ditador italiano Benito Mussolini, fugindo disfarçado de soldado alemão.

1999 – Uma empresa do Canadá anuncia ter, via clonagem, o nascimento de 3 cabras idênticas, mesma técnica usada com a ovelha Dolly, em 1997.

2014 – Acontece o “Dia dos 4 Papas”: em ato concelebrado pelo papa emérito Bento XVI o papa Francisco canoniza os ex-papas quando João XXIII e João Paulo II.

FOTO DO DIA (1)

UM PRESIDENTE EM PORTO VELHO

F1 1

No início década de 1930 o presidente Getúlio Vargas criou um contingente do Exército dividido em três locais do que hoje é Rondônia: em Porto Velho, Guajará-Mirim e Forte Príncipe da Beira. Em 1937 oficializou como ente maior a 3ª Companhia de Fronteiras, com sede em Porto Velho. Com isso ele solidificou a presença do Exército na região, hoje o órgão público com mais tempo de serviço entre nós, já completando 92 anos de atividade. A 3ª CIA passou depois a ser o CFAR – Comando de Fronteira Acre-Rondônia e a seguir 17ª Brigada de Infantaria de Selva. Em 1940 Getúlio Vargas se tornou o primeiro presidente a visitar Porto Velho, quando ficou de 11 a 13 de outubro em Porto Velho, o que certamente foi o maior tempo de um Chefe da Nação em território rondoniense. Dentre os muitos eventos daqueles dias, o presidente e sua comitiva visitaram e inspecionaram a 3ª Companhia, sempre ciceroneado pelo capitão Aluízio Ferreira, então diretor geral da ferrovia Madeira-Mamoré. A foto é do presidente no portão que dá acesso para a Rua José Bonifácio, no mesmo quartel onde se encontra atualmente o comando da 17ª. (Acervo Kerdy Luiz)

Outras cenas da visita do presidente Getúlio Vargas a Porto Velho estão no link “Fotos Históricas”

ARTIGO

No link Galeria, uma discussão entre o texto escrito e o texto lido. Leia o artigo “A Janela da escrita e dos livros”, do escritor William Martins (foto)

FOTO DO DIA (2)

F2

Milhares de pélas de borracha descansam esperando o trem da Madeira-Mamoré, em Guajará-Mirim, no auge do I Ciclo da extração da hévea, entre 1879 e 1915. A necessidade de aumentar a produção levou a que nordestinos trazidos para a Amazônia para trabalhar nos seringais, invadissem   território boliviano, gerando a “Guerra do Acre” o que foi resolvido com o Tratado de Petrópolis” que garantiu ao Brasil a posse do Acre, a construção da ferrovia Madeira-Mamoré e, em consequência, o que hoje é Rondônia.  “No decorrer do primeiro ciclo da borracha (o II foi de 1943 a 1946), a região amazônica foi responsável por cerca de 40% de toda a exportação brasileira” (*).

 (*) https://www.educamaisbrasil.com.br/enem/historia/ciclo-da-borracha

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

Fila de espera por exame de ressonância magnética é zerada em Rondônia

Os pacientes estão aguardando no máximo quatro dias após o agendamento para a realização do exame O Governo de Rondônia, […]

13/05/2021

Vereador Minduim quer limpeza de fossas sépticas nas residências sem esgoto

O vereador cacoalense Ezequiel Câmara Minduim quer limpeza de fossas sépticas nas residências da cidade de Cacoal e seus distritos […]

13/05/2021

Rondônia registra 23 óbitos por Covid-19 nas últimas 24 horas

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) e a Secretaria de Estado da […]

13/05/2021

Exportação de café em nível mundial totaliza 65,4 milhões de sacas em seis meses

Cafés da espécie arábica participaram das exportações com 64% e robusta com 36% % no período de outubro de 2020 […]

13/05/2021