Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

Fila de espera por exame de ressonância magnética é zerada em Rondônia

13/05/2021

Compartilhar:

Os pacientes estão aguardando no máximo quatro dias após o agendamento para a realização do exame

Eeeee

O Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), vem trabalhando para zerar a fila de ressonância no Estado. Anteriormente, o paciente aguardava cerca de um a dois anos para realizar o exame que dura em média 30 a 40 minutos. O trabalho conjunto envolveu a equipe de regulação do Estado, representantes da Sesau e as empresas contratualizadas.

“Nossa equipe fez um trabalho minucioso. Começamos pelos pacientes que aguardavam pela ressonância com sedação a mais tempo. As empresas aumentaram a oferta, ligavam para os pacientes, e assim fomos trabalhando diariamente. Hoje estamos com a fila zerada. Os pacientes estão aguardando no máximo quatro dias após o agendamento para a realização do exame. O Estado tem ofertado 2.800 exames mensais”, disse a coordenadora da Regulação Estadual, Luzenir Maria de Souza.

“Quando nós assumimos a gestão, pessoas aguardavam na fila há mais de um ano. Isso é inaceitável. Chegamos a ter nove mil pacientes aguardando. O governador Marcos Rocha solicitou que, paralelo ao combate à pandemia, nos empenhássemos para zerar ou diminuir essa fila e o sofrimento dessas pessoas. Montamos uma força-tarefa e alcançamos esse resultado. Fila zero de ressonância em Rondônia”, destacou o secretário da Sesau, Fernando Máximo.

Maria Sidrônia Barroso, moradora de Humaitá, tem uma filha que uma vez ao ano necessita do exame. “Antes, eu aguardava mais de um ano para fazer o exame da minha filha. Ela precisa fazer uma avaliação anual por conta da epilepsia. Da última vez, fiquei surpresa. Consultei, agendei e com quatro dias me ligaram avisando o dia em que ela iria fazer o exame. Fiquei muito feliz”, disse a mãe da pequena Amanda Ríndula, de 7 anos, que fez o exame no último sábado (8) em uma das empresas contratualizadas pelo Governo do Estado.

De acordo com o anestesiologista, Dr. Diego Picoli, o exame de ressonância dura em torno de 40 minutos. Alguns pacientes precisam de sedação, que é mais frequente em crianças, pois o paciente precisa ficar imóvel. Diariamente, são realizados cerca de 16 exames. O médico lembra que, há alguns anos, fazer esse exame pelo Sistema Único de Saúde (SUS), demorava anos. “Cheguei a pegar pedido de ressonância com data de um ano e meio. Ficava triste, pois se fosse para diagnosticar um câncer com todo esse tempo, seria o suficiente para a doença se agravar e o paciente ir a óbito. Fico feliz em saber que nosso Estado está com fila zero na realização de ressonância. É um exame muito importante e eficaz em seu diagnóstico”.

O Governo contratualizou sete empresas para a realização desse serviço, sendo cinco na capital e duas no interior. De acordo com a gerente executiva de uma das empresas contratualizadas na Capital, Ana Lucia Barroso, a fila de espera para ressonância estava grande, porém com a ajuda da Sesau e funcionários, foi possível zerar a fila. “Nossa empresa está feliz com essa parceria. Oferecemos o melhor serviço possível. Todos os nossos pacientes recebem um café reforçado após o exame, que é feito em jejum”, disse.


Fonte
Texto: Sângela Oliveira
Fotos: Ítalo Ricardo
Secom – Governo de Rondônia

Compartilhar:
Categorias: Geral

Notícias Relacionadas

CACOAL: Café com leite, combinação que vai bem do campo à mesa

Campeão de qualidade do café também é referência na produção de leite em Rondônia O produtor Juan Travain é o campeão, […]

23/06/2021

MP move ação de improbidade contra investigados na Operação Reciclagem

O Ministério Público de Rondônia ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra um deputado estadual da atual […]

23/06/2021

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur) tem promovido ações de fomento ao Turismo em […]

23/06/2021

Projeto ‘Empoderamento da Mulher’ está com 2 mil vagas disponíveis em cursos gratuitos

Deputada Jaqueline Cassol destinou R$ 700 mil para a realização da 3ª edição do projeto. Inscrições já estão abertas. Uma […]

23/06/2021