Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

O DIA 29 DE MAIO NA HISTÓRIA

29/05/2021

Compartilhar:


Por Lúcio Albuquerque – jlucioac@gmail.com.br
(Sugestão: acesse rondoniaalemdahistoria.com.br e saiba mais nosso Estado)

Lucio 100 11


BOM DIA 29 DE MAIO!

RONDÔNIA
1998 – Falece o pioneiro Abel Neves, primeiro administrador de Vila Rondônia (desde 1977 Ji-Paraná), autor do livro “A caminho de Ji-Paraná.

COMEMORA-SE
Dia Internacional dos Soldados da Paz das Nações Unidas. Dia do Estatístico. Dia do Geógrafo. Dia Mundial da Energia. Dia do Ibegeano.
Católicos lembram São Paulo VI, São Guilherme de Tolosa, São Alexande de Alexandria, Santa Helena Dragasa, Santa Úrsula Ledochowska e São Maximino.

FATOS
1453 – Data da “Queda de Constantinopla”, marca o fim do Império Romano do Oriente.

1917 – Nasce o ex-presidente dos Estados Unidos John Kennedy.

1919 – A teoria da relatividade geral de Albert Einstein é testada e confirmada.

1942 – Hitler obriga os judeus, em Paris, a usar uma estrela amarela na camisa.

1964 – Formada a Organização para a Libertação da Palestina.

1996 – Morte do pregador urbano paulista José Datrino, conhecido como Profeta Gentileza.

1999 – Morre o brasileiro João do Pulo, recordista mundial de salto triplo.

2008 – O STF libera o uso de células-tronco embrionárias em pesquisas científicas.

FOTO DO DIA

F0595ab1 201c 4c53 A9ea 42b1f8446d2d

Até chegar, em 1977, à condição de município, Ji-Paraná, o maior e mais importante centro urbano do interior rondoniense teve vários outros nomes: Vila Urupá, Presidente Penna e Vila de Rondônia. Cidade também é chamada de “Cidade Coração de Rondônia” em razão de uma ilha formada pelo rio que atravessa a localidade e a divide em dois setores, o 1º distrito, mais próximo a Porto Velho) e o 2º distrito. O nome significa “rio dos machados”, através da junção de jy (machado) e paraná (rio). Os primeiros moradores não índios eram seringueiros, caçadores e garimpeiros atraídos pelas pedras de diamante que haviam em seus pedrais e cachoeiras. Desde 1972 os dois lados da BR-364, aberta em 1960, são interligados por duas pontes de concreto, a primeira inaugurada bem no início da década de 1970. A cidade tem grande tradição de ação visando beneficiar a comunidade. Ainda na década de 1970, época em que não havia Câmara Municipal, o que só aconteceu a partir de 1983, um grupo fundou a Sociedade dos Amigos de Vila Rondônia, a Savir, muito atuante a favor dos interesses da então Vila. Na foto, da década de 1970, é possível ver, do outro lado do rio o 2º distrito.

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

CACOAL: Café com leite, combinação que vai bem do campo à mesa

Campeão de qualidade do café também é referência na produção de leite em Rondônia O produtor Juan Travain é o campeão, […]

23/06/2021

MP move ação de improbidade contra investigados na Operação Reciclagem

O Ministério Público de Rondônia ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra um deputado estadual da atual […]

23/06/2021

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur) tem promovido ações de fomento ao Turismo em […]

23/06/2021

Projeto ‘Empoderamento da Mulher’ está com 2 mil vagas disponíveis em cursos gratuitos

Deputada Jaqueline Cassol destinou R$ 700 mil para a realização da 3ª edição do projeto. Inscrições já estão abertas. Uma […]

23/06/2021