Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio

Coluna BOCA MALDITA – Vaidades Legislativas

09/06/2021

Compartilhar:
Boca Maldita 1

PATRIOTAS DE RONDÔNIA – Esta semana, o senador Flávio Bolsonaro assinou a ficha de filiação ao Patriotas. Ele havia comentado, dias antes, que seu pai, o presidente Jair Bolsonaro, possivelmente iria se filiar ao mesmo partido. Isto significa que existe uma grande possibilidade de acontecer a filiação do presidente da república, hoje sem partido. Caso Jair Bolsonaro assine a filiação ao Patriotas, haverá uma serie de mudanças no partido em Rondônia, visto que atualmente o partido é comandado no estado pelo grupo do governador Marcos Rocha, desafeto político do deputado coronel Chrisóstomo. Caso o coronel Chrisóstomo assuma a direção do Patriotas em Rondônia, dificilmente o governador teria condições de ficar no partido, já que ele não teria a garantia de vaga para disputar sua reeleição. Na realidade, o presidente Bolsonaro provavelmente não subirá em nenhum palanque em Rondônia, pelo menos no primeiro turno das eleições, porque vários candidatos ao cargo brigam para ter o apoio do presidente.

VAIDADES LEGISLATIVAS – Os vereadores de Cacoal precisam decidir, com urgência, sobre algumas situações referentes aos grupos de prioridades das vacinas contra a covid-19. Todas as vezes em que algum vereador cita um segmento da sociedade, aparece outro vereador para dizer que não aceita o citado segmento como prioritário. O vereador Magnison Mota, que pouco tempo atrás queria incluir os pastores na lista de prioridades, afirma que não aceita outro colega indicar nenhuma categoria profissional que o voto dele será contrário. Talvez os vereadores não perceberam que a Câmara de Cacoal é formada por 12 vereadores e nenhum deles está impedido de apresentar nenhuma proposta. Após a apresentação da proposta, cada vereador vai votar como manda sua consciência, sendo contrário ou favorável às propostas. O fato de um vereador ser contra determinada categoria não impede outros vereadores de apresentarem suas propostas, porque o processo democrático existe justamente para garantir aos vereadores a liberdade de ter a posição que desejarem sobre todos os assuntos.

FÚRIA x SINSEMUC – O sindicato dos servidores municipais de Cacoal (SINSEMUC) vai precisar fazer uma avaliação sobre algumas demandas que tem levado ao prefeito Adailton Fúria ou que tem ajudado a administração municipal a encaminhar para o legislativo municipal. Recentemente, chegou à Câmara de Cacoal um projeto com o conteúdo totalmente ultrapassado, em relação à eficiência que se busca no setor público. O projeto foi encaminhado pelo prefeito Adailton Fúria e seria um pedido do SINSEMUC. Pela proposta, os servidores municipais passariam a ter direito de se afastar do serviço público pelo período de até 08 anos, em vez dos 04 anos estabelecidos pela legislação atualmente. O benefício poderia alcançar até mesmo servidores em estágio probatório. Este tipo de projeto pode ser muito prejudicial ao serviço público, considerando que, entre outras situações, não permite que a prefeitura de Cacoal realize concursos públicos para novas contratações, uma vez que o servidor afastado pode voltar a qualquer momento. Em reunião ocorrida na Câmara Municipal, o clima ficou tenso entre o presidente do sindicato, Fernando Neves, e o prefeito de Cacoal, já que nenhum deles queria assumir o polêmico projeto.

COLETAS ELETIVA – A Diretoria do bairro Jardim Eldorado, nas imediações do Shopping Cacoal, está trabalhando para implantar no bairro a coleta seletiva de resíduos sólidos. O trabalho, segundo informações passadas à coluna, é uma parceria entre a diretoria da Associação do Bairro Eldorado e a Secretaria de Meio Ambiente de Cacoal. Caso o projeto seja consolidado, com certeza a cidade pode ter benefícios, porque o serviço de coleta seletiva pode diminuir muito o sistema de pesagem da coleta comum de lixo da cidade. Além disso, a partir da coleta seletiva, é possível permitir que algumas pessoas possam ter sua renda melhorada pela comercialização dos resíduos recolhidos de forma selecionada. Entre esses resíduos estão o alumínio, o ferro, o vidro, o plástico e outros produtos encontrados nos lixos residenciais.

VACINAÇÃO DA EDUCAÇÃO – No começo desta semana, a Secretaria de Saúde de Cacoal realizou a vacinação de todos os profissionais da educação de Cacoal. Foram vacinados os trabalhadores da rede municipal, estadual e da rede privada de ensino que atuam desde o ensino infantil até o ensino médio. A equipe de vacinação da prefeitura de Cacoal informou que futuramente vai incluir os profissionais que atuam no setor de ensino superior. Considerando que a vacina aplicada nos profissionais de educação é a astrazênica, a segunda dose será aplicada na primeira semana do mês de setembro. Assim, as pessoas que falam em volta às aulas presenciais devem lembrar que após a segunda dose, existem alguns dias de prazo estabelecidos para que a vacina tenha sua eficácia. Por esta razão, é muito difícil afirmar que as aulas presenciais acontecerão antes desses prazos. Além disso, é necessário avaliar até que ponto as famílias estariam disposta a mandar os filhos para a escola sem a vacina.

JABÁ MOREIRA x CABO ELIEL – As redes sociais de Cacoal ficaram bem agitadas na última segunda-feira, quando foi divulgada uma informação de uma possível briga entre os ex-vereadores Cabo Eliel e Mário Moreira (o Jabá). Segundo os internautas, a confusão teria ocorrido dentro do gabinete do prefeito de Cacoal, Adailton Fúria. Após a notícia ter viralizado, Jabá Moreira gravou uma live dizendo que realmente teve uma discussão com o desafeto no gabinete do prefeito, mas que a situação não chegou às vias de fato, como informaram diversas pessoas nas redes sociais. Ainda que a situação não tenha atingido maiores consequências, não fica bem dois ex-vereadores de uma cidade importante como Cacoal brigarem em lugares públicos. Os debates de ideias são sempre saudáveis, mas a baixaria não pode ser aceita como algo natural, porque os cacoalenses merecem respeito e a truculência não deve ter espaço no século XXI.

AVENIDA CUIABÁ – Muitas pessoas que residem ou possuem comércios na avenida Cuiabá, na região central de Cacoal, estão indignadas com a paralização das obras de melhorias da citada avenida. As obras de construção de canteiros e de uma ciclovia na Cuiabá começaram ainda na gestão da prefeita Glaucione Rodrigues, mas estão paralisadas, desde o ano de 2020, e não há nenhuma previsão da administração municipal sobre quando será retomada a obra. É necessário que os vereadores de Cacoal cobrem da administração uma informação clara sobre a retomada das obras da avenida Cuiabá, porque os transtornos vividos por todas as pessoas que utilizam aquela via são inevitáveis com a situação que se instalou. Interessante é que da Prefeitura, ninguém se manifesta a respeito, explicando os motivos da não conclusão daquelas obras. Será que é por culpa da obra ter sido um projeto da administração anterior?

POLÍCIA MILITAR – A relação entre o governador Marcos Rocha e a Polícia Militar de Rondônia parece estar muito estremecida. Esta semana, todos os setores da PM manifestaram insatisfação pela forma como o coronel Marcos Rocha tem tratado os policiais. Uma manifestação em dezenas de municípios do estado foi realizada pelos policiais e familiares de policiais, mostrando que a categoria tem sido desvalorizada pelo governo. Após a mobilização da categoria, o coronel Marcos Rocha publicou nota na imprensa informando que já concedeu aos policiais militares os ajustes salarias que eles reivindicam e que tais ajustes serão praticados a partir de 2022. Desde a criação da Polícia Militar de Rondônia, é a primeira vez que soldados, cabos, sargentos, subtenentes e oficiais de todas as patentes se unem para lutar contra a desvalorização da categoria, justamente quando o estado é governado por um policial militar.

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA – Em decisão tomada esta semana, os deputados da Comissão de Ética da Assembleia Legislativa de Rondônia deliberaram sobre a situação do deputado Eurípedes Clemente, o Lebrão. Em setembro do ano passado, a Polícia Federal realizou uma operação em que o deputado foi mostrado em vídeos supostamente recebendo dinheiro de propina, conforme declarações do delegado responsável pela operação. Os vídeos que mostram o deputado colocando dinheiro em saco foram exibidos em jornais de grande repercussão no país, como TV Globo, SBT e outros. Entretanto, a Comissão de Ética da Assembleia Legislativa decidiu que não existem provas para punir o deputado. Nas eleições de 2018, Lebrão foi o deputado mais votado de Rondônia, com 20.357 votos. Na operação que flagrou o deputado foram presos 04 prefeitos do interior do estado, entre os presos, estava Gislaine Clemente, a Lebrinha, filha do deputado e na época prefeita de São Francisco do Guaporé.

SINAL DE FUMAÇA – Uma investigação que acontece na Ouvidoria Geral do Estado de Rondônia poderá ter como resultado a exoneração de uma das autoridades conhecidas em Cacoal e aliada do governador Marcos Rocha. Segundo informações que chegaram à coluna, há mais de 10 denúncias sobre a mesma autoridade e que estão sendo apuradas pelos ouvidores. Claro que neste momento não se pode afirmar que a pessoa denunciada seja culpada ou tenha cometido realmente os atos denunciados, mas é necessário esperar que as investigações tenham uma conclusão para ter clareza da situação. Nas denúncias, consta que a pessoa possui estreita ligação com um deputado estadual e que as ações poderiam ter relação com tal deputado. Como não há ainda um resultado oficial, a coluna vai esperar e acompanhar as investigações para manter nossos leitores sempre bem informados. Neste momento, podemos afirmar que existe muita fumaça em torno dos fatos. Que não seja verdade, só fumaça…

Compartilhar:

Notícias Relacionadas

CACOAL: Café com leite, combinação que vai bem do campo à mesa

Campeão de qualidade do café também é referência na produção de leite em Rondônia O produtor Juan Travain é o campeão, […]

23/06/2021

MP move ação de improbidade contra investigados na Operação Reciclagem

O Ministério Público de Rondônia ajuizou Ação Civil Pública por ato de improbidade administrativa contra um deputado estadual da atual […]

23/06/2021

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur) tem promovido ações de fomento ao Turismo em […]

23/06/2021

Projeto ‘Empoderamento da Mulher’ está com 2 mil vagas disponíveis em cursos gratuitos

Deputada Jaqueline Cassol destinou R$ 700 mil para a realização da 3ª edição do projeto. Inscrições já estão abertas. Uma […]

23/06/2021