Rondônia, 22 de julho de 2024 – 06:24
Search
Anuncie aqui
Search
22 de julho de 2024 – 06:24

OLHO VIVO: “As promessas, os espetáculos, as fotos e a realidade”

Anuncie aqui

Por Claudemiro Souza

 

A PONTE…

No  dia 14 de novembro foi armado um espetáculo, um verdadeiro show, com a demolição da ponte na rua Afonso Pena, após cobranças de empresários e da população, visto que a ponte estava interditada há anos e com risco eminente de provocar um acidente grave, nada nais correto do que derruba-la e construir uma nova.

Passaram dias, meses, anos e depois de várias fotos, inúmeras promessas, discursos de vereadores, enfim nossa maior autoridade, o senhor prefeito vem a público e faz o anuncio de que em 15 dias, iriam enfim, dar inicio a tão importante obra. Novamente fotos, vereadores se dizendo o “pai da criança”, mas do mesmo jeito, já se passaram quase 60 dias e nada mudou, a rua sem  ponte continua interditada e nossas autoridades, a passos de “jabuti acorrentado” nada fazem. Chega de espetáculos, shows, festas e fotos, começou 2022, vamos trabalhar gente, o  povo tá de saco cheio de promessas vazias e dessa inércia que atinge nossas autoridades do executivo e do legislativo.

Faz dias que conteiners foram colocados, na cabeceira onde tinha a ponte demolida, talvez pela construtora e quem sabe, antes de apodrecerem, a ponte sai…

PRÉDIO DEMOLIDO….

 


E falando em “espetáculos”, “shows”, nisso nosso prefeito é muito bom. Esse da ponte da rua Afonso Pena nem se compara com o que foi feito na demolição do antigo prédio da extinta Unidade Mista. Vereadores discursando, rua interditada, viaturas do Semtran desviando e organizando o trânsito, se é que isso é possível, eu não vi, mas dizem que até o prefeito assumiu a boléia da máquina e deu a primeira “pazada” numa das paredes, com  fotógrafo oficial e emissoras de tv entrevistando nossas ilustres autoridades, sem dúvida um evento marcante e gigantesco.

Enfim, prédio demolido, sumiu todo mundo e o lixo ficou lá, ainda com algumas estruturas em pé, pelo visto aquelas paredes não tem risco de desabar e por isso foi deixada la, mas enfim, tudo parado… Será que vão esperar passar o período chuvoso para terminar o que começaram e limpar de vez aquele terreno? Vamos aguardar os próximos capítulos dessas duas “novelas”… cabe a nós somente ficar de olho.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp