Rondônia, 21 de julho de 2024 – 10:02
Search
Anuncie aqui
Search
21 de julho de 2024 – 10:02

O DIA 27 DE AGOSTO NA HISTÓRIA

Anuncie aqui

Por  Lúcio Albuquerque
Whatsapp 69 99910 8325

 

BOM DIA sábado, 27 DE AGOSTO

HOJE É
Dia Nacional do Corretor de Imóveis, Dia Nacional do Psicólogo (Lei nº 4.119/62).
Católicos celebram Nossa Senhora dos Prazeres, Santa Mônica

RONDÔNIA
1868 – O coronel George Earl Chuch obtém do governo boliviano autorização para canalizar os trechos encachoeirados do Rio Madeira.

1987 – Em greve há dois meses, e sem receber salários, professores estaduais realizam passeata-monstro em Porto Velho, ameaçados de demissão pelo governador Jerônimo Santana que preparou lista com 400 nomes para demitir.

BRASIL
1828 — O Império do Brasil reconhece a independência do Uruguai, antes Província brasileira de Cisplatina.

1840 — Criadas as Companhias de Aprendizes Nacionais, depois Escolas de Aprendizes-Marinheiros do Brasil.

1914 – Nasce o compositor Lupiscínio Rodrigues, um dos grandes compositores da MPB (m. 1974).

1999 — Morreu o bispo Dom Hélder Câmara, referência mundial dos Direitos Humanos (n. 1909).

MUNDO
1770 — Nasce Friedrich Hegel, precursor do Idealismo e do Marxismo (m. 1831).

1859 — Perfurado o primeiro poço de petróleo do mundo, por Edwin Drake (EUA).

1883 – Uma erupção do vulcão Perbuatan, que destruiu parcialmente a ilha Indonésia de Krakatoa, causando mais de 36 mil mortes.

2003 — Marte atinge a menor distância da Terra em quase 60 mil anos, passando a aproximadamente 55 768 006 km.

 

FOTO DO DIA

 

27 de agosto de 1987 – Mobilizados pela Associação de Professores, professores estão em greve há dias, reclamando pagamento de dois meses de salários atrasados. Centenas de trabalhadores da Educação de todo o Estado se reuniram em Porto Velho, cobrando do governador Jerônimo Santana o pagamento de dois meses de salários e o arquivamento de decisão já anunciada de exonerar 400 profissionais, incluindo o diretor do Instituto Carmela Dutra, professor José Aprígio da Silva, exonerado por ordem do governador no dia anterior. Foi a primeira grande manifestação de servidores públicos realizada no Estado, com as ruas centrais da capital tendo o tráfego interrompido pelos manifestantes. (F. Jornal Alto Madeira)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp