Cacoal/RO, 22 de maio de 2024 – 04:57
Search
Search
22 de maio de 2024 – 04:57

5 soluções caseiras para bursite (e como preparar)

Algumas opções caseiras e naturais para bursite são aplicar compressas frias ou óleo de rícino ou tomar o chá de gengibre, pois ajudam a reduzir o inchaço e a inflamação da bursa, aliviando a dor e o desconforto causados pela bursite.

A bursite é a inflamação da bursa, que é uma bolsa cheia de líquido, que serve como um amortecedor entre os ossos, tendões e músculos, e que pode ficar inflamada devido a traumas, esforços repetitivos ou até condições de saúde, como artrite ou gota, por exemplo.

Os remédios caseiros são uma boa opção para ajudar a aliviar a dor e o desconforto causado pela bursite e, embora não sirvam para substituir o tratamento médico, podem ser usados para complementar o tratamento indicado pelo ortopedista.

Imagem ilustrativa número 1

5 opções caseiras para bursite

Algumas opções naturais para bursite são:

 

1. Compressas frias

Aplicar compressas frias na articulação afetada ajuda a diminuir a dor e reduz o inchaço, por aliviar a inflamação na bursa.

Essas compressas são indicadas para as primeiras 48 horas após o início dos sintomas, pois tem ação analgésica e anti-inflamatória.

Ingredientes

  • Gelo;
  • Bolsa térmica.

Modo de preparo

Colocar gelo dentro de uma bolsa térmica, e depois envolver a bolsa em uma toalha limpa e seca, e aplicar na articulação afetada, deixando agir por 15 a 20 minutos, de 2 a 3 vezes por dia.

Outra opção é usar um saco de gel, colocando-o no congelador para resfriar, e depois aplicar na articulação com bursite.

 

2. Compressas mornas

A compressa morna deve ser utilizada após dois ou três dias, após o início dos sintomas de bursite, pois é o tempo necessário para que o gelo diminua a dor e a inflamação na articulação.

Essa compressa ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo na região afetada, acelera a cicatrização e relaxa os músculos.

Ingredientes

  • Água quente;
  • Bolsa térmica.

Modo de preparo

 

3. Óleo de rícino

O óleo de rícino possui ação anti-inflamatória, devido ao ácido rinoleico na sua composição, que ajuda a reduzir a inflamação e a dor causados pela bursite.

Além disso, esse óleo ajuda a melhorar a circulação sanguínea local, podendo ser usado após 4 a 5 dias do início dos sintomas.

Ingredientes

  • Óleo de rícino;
  • Flanela de algodão ou pano limpo.

Modo de preparo

Aplicar o óleo de rícino na pele, sobre a articulação afetada, massageando suavemente, e cobrir com a flanela de algodão ou um pano limpo, deixando agir por cerca de 15 minutos.

Em seguida, é recomendado aplicar uma compressa morna, para potencializar o efeito do óleo.

 

4. Chá de gengibre

O chá de gengibre, feito com a planta medicinal Zingiber officinale, possui compostos fenólicos, como o gingerol, chogaol e zingerona, que têm propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias, sendo muito úteis para aliviar os sintomas da bursite, como dor e inchaço. Conheça outros benefícios do gengibre.

Ingredientes

  • 1 cm da raiz de gengibre cortada em rodela ou ralada;
  • 1 litro de água fervente.

Modo de preparo

Outra opção para fazer o chá é substituir a raiz por 1 colher de chá de gengibre em pó.

Este chá deve ser evitado por pessoas com úlcera de estômago, pois possui propriedades anticoagulantes que podem aumentar o sangramento ou hemorragia.

 

5. Alimentos anti-inflamatórios

Alguns alimentos anti-inflamatórios, como cúrcuma, brócolis ou espinafre, e alimentos ricos em ômega-3, como atum, sardinha, salmão, linhaça ou chia, podem ajudar a diminuir a inflamação e, por isso, ajudam a aliviar a dor da bursite.

Esses alimentos devem ser consumidos diariamente ou, no caso dos peixes, pelo menos de 3 a 5 vezes por semana.

(Tua Saúde)

 

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp