Rondônia, 18 de julho de 2024 – 16:10
Search
Anuncie aqui
Search
18 de julho de 2024 – 16:10

Alckmin vem a Rondônia e destaca ações para ampliar competitividade da indústria local

Anuncie aqui

Em três agendas no estado de Rondônia, o vice-presidente da República indicou alguns dos projetos em andamento que podem contribuir com a competitividade da indústria local; Alckmin teve encontro na FIERO em Porto Velho, participou da inauguração do frigorífico BMG Foods em Cacoal e visitou a fábrica de bicicletas Ciclo Cairu em Pimenta Bueno

O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin,  esteve em Rondônia, nesta terça-feira (2), para uma rodada de agendas relacionadas à  Nova Indústria Brasil (NIB), a política industrial lançada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em janeiro deste ano.

Pela manhã, em encontro com empresários na sede da FIERO (Federação das Indústrias do Estado de Rondônia), em Porto Velho, Alckmin apresentou uma série de ações em andamento pelo governo federal, dentro da NIB, que contribuirão para a melhoria da competitividade e a produtividade da indústria local.

Ele destacou os eixos de atuação da Nova Indústria – inovação, competitividade, sustentabilidade e exportação – e programas como o Mover (Mobilidade Verde e Inovação), o Reiq (Regime Especial da Indústria Química), o Depreciação Acelerada, o Brasil Mais Produtivo, além da LCD (Letra de Crédito do Desenvolvimento) –  aprovada no Senado e aguardando sanção presidencial -,  que possibilitará juros de mercado mais baixos para projetos de desenvolvimento e inovação no segmento industrial.

Alckmin também destacou que o projeto do Combustível do Futuro, em especial a ampliação da produção e uso dos biocombustíveis, beneficiará o estado de Rondônia, um importante produtor rural.

“Temos que unir agricultura com indústria. Se tenho uma agricultura muito competitiva, eu preciso aproveitar essa vantagem comparativa, competitiva, preciso aproveitar e agregar valor”, afirmou o vice-presidente.

Ele elogiou a qualidade do Senai de Rondônia, por seus altos índices de empregabilidade, e saudou a iniciativa do Senai Hub de Inovação e Tecnologia, cuja pedra fundamental foi lançada durante o encontro.  O Hub será um espaço de conexão entre a comunidade empresarial, acadêmica e  empreendedora, focado em desenvolver a entregar soluções tecnológicas e inovadoras.

 

 

Frigorífico Cacoal – Em seguida, o vice-presidente se deslocou para o município de Cacoal, para a inauguração do primeiro frigorífico do BMG Foods em Rondônia. Com investimento de R$ 50 milhões, o empreendimento gerará inicialmente 450 empregos diretos e, futuramente, a empresa espera alcançar mais de 800 postos de trabalho. A empresa atua em vários estados do Brasil com produção, importação e exportação de carnes e subprodutos.

 

“Aqui está um exemplo da Nova Indústria Brasil, da NIB. Inovação, competitividade, produtividade, sustentabilidade, indústria verde e exportação. Esses quatro pilares”, ressaltou o ministro sobre o frigorífico inaugurado.

 

Alckmin lembrou que, em recente missão que liderou à China, a ApexBrasil fechou contrato com a maior rede de cafeterias daquele país para comercializar 120 toneladas de café brasileiro (robusta e conilon), no valor US$ 500 milhões. “Os jovens chineses estão tomando mais café. Então, Rondônia, que é um grande produtor de café robusta, vai ter aí uma valorização muito grande”, afirmou.

Fábrica Cairu – O tour ao Estado se encerrou com uma visita do vice-presidente às fábricas da Ciclo Cairu, na cidade de Pimenta Bueno. Uma das fábricas produz 60 mil bicicletas por mês e outra, recém-inaugurada, tem capacidade para produzir 100 mil capacetes para motociclistas. Foram investidos R$ 500 milhões nessa nova frente.

 

A empresa também fornece peças de bicicletas para fabricantes nacionais e internacionais. Ao todo, o Grupo Caiuru tem 2000 colaboradores diretos, sendo 70% mulheres.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp