Rondônia, 17 de julho de 2024 – 19:49
Search
Anuncie aqui
Search
17 de julho de 2024 – 19:49

Artigo – O DESPERTAR PARA O TURISMO: A 1ª EXPOTURISMO RONDÔNIA 2024

Anuncie aqui

Artigo

 

O DESPERTAR PARA O TURISMO: A 1ª EXPOTURISMO RONDÔNIA 2024

Silvio Persivo

 

É extremamente oportuna, e estratégica, a realização, nos próximos dias de 4 a 6 de julho, o Centro de Eventos do Sesi, em Porto Velho, da 1ª Expoturismo Rondônia 2024. O Governo do Estado, por meio da Secretária de Desenvolvimento e da Siperintendência de Turismo, e o Instituto Fecomércio/RO estão de parabéns, pois acertaram em cheio na decisão de promover o turismo estadual. Não apenas pelo evento em si, que se pretende único e grandioso, com 70 expositores, praça de alimentação, uma programação extensa com nomes expressivos, mas pela janela de oportunidade que no momento se apresenta. Em recente estudo o Conselho Mundial de Viagens e Turismo (World Travel & Tourism Council-WTTC), em conjunto com a VFS Global, líder em serviços de terceirização, denominado de Unlocking Opportunities for Travel & Tourism Growth in LATAM” (“Abrindo oportunidades para o crescimento de viagens e turismo na América Latina”), mostra que setor de viagens e turismo é muito expressivo na região, com uma contribuição de mais de US$ 629 bilhões para a economia em 2023, acolhendo 86 milhões de viajantes internacionais. Além de estimar que o crescimento do setor de viagens e turismo da América Latina pode injetar quase US$ 260 bilhões à economia da região e criar quase oito milhões de novos empregos nos próximos 10 anos. Na verdade aponta que o crescimento potencial depende de políticas públicas para conquistar um salto anual de 3,4%, atingindo uma contribuição de cerca de US$ 909,2 bilhões de dólares. É um cenário promissor considerando ainda mais que, em 2024, as expectativas são de que será alcançado um recorde de uma contribuição para o PIB regional de mais de US$ 650 bilhões, bem como a criação de um milhão de empregos adicionais elevando o total de pessoas que vivem da atividade de 24,6 milhões para 25,7 milhões. Em outras palavras, há um mercado imenso para ser conquistado e, neste particular, nos últimos anos o setor testemunhou um notável crescimento que pode, e deve, ser aproveitado melhor pela região amazônica, onde nos inserimos. Porém, é evidente, isto não será feito sem apoio estatal e sem a organização da recepção ao turista, o que inclui, além da melhoria da infraestrutura e educação para melhorar a hospitalidade dos visitantes, proteger a biodiversidade, a natureza e divulgar, via digital, os atrativos e belezas disponíveis. Enfim há um imenso trabalho a ser feito que deve começar pelo alfandegamento do aeroporto e a construção de uma nova pista, mas que passa também investir na conscientização da população sobre a importância do turismo para a renda interna. Neste sentido esta 1ª Expoturismo surge com o apelo de ser o grande despertar para as oportunidades existentes, daí ser importante ir conhecer e participar do evento.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp