Cacoal/RO, 18 de abril de 2024 – 14:15
Search
Search
18 de abril de 2024 – 14:15

Dia dos Animais: Pets adotados inspiram negócios e transformam vida de tutores

Com o crescente número de animais abandonados nas ruas do Brasil (cerca de 30 milhões, segundo a Organização Mundial de Saúde), a adoção ganha cada vez mais destaque. Esses animais enfrentam condições precárias e sofrem com fome, doenças e abusos. A adoção, não apenas oferece um lar amoroso e cuidados adequados, mas também representa uma oportunidade de transformação tanto para os pets quanto para os tutores.

Diversos relatos exemplificam como os animais têm o incrível poder de impactar positivamente o mundo à sua volta. Foi isso que aconteceu com os idealizadores do projeto audiovisual infantil “Os 6 Gatinhos”, lançado este ano, que utiliza como personagens animais resgatados de maus-tratos e abandono para transmitir mensagens valiosas. Através de músicas e animações 2D, a iniciativa aborda temas como sustentabilidade, inclusão, amizade, adoção e amor pelos animais. A primeira temporada, intitulada “Vamos Juntos fazer a Diferença”, já está disponível no YouTube, incentivando os pequenos a desenvolverem pensamento crítico e valores essenciais desde a infância.

“As histórias dos personagens são reais. Frida, Carlos, Bruno, José Vicente, Micaela e Maria Olga foram resgatados das ruas e transformaram nossas vidas. Tanto que decidimos criar esse projeto infantil, para mostrar desde cedo, como o convívio com os animais é transformador. Até porque, nós somos a referência na primeira infância. É neste período que se forma a personalidade”, destaca Johnny Valerio, ator e pedagogo e um dos idealizadores da Startup Os 6 Gatinhos.

Outra história inspiradora é de Frajolla, um gato abandonado em um condomínio em Campo Grande/MS, que transformou não apenas a vida dos seus tutores, mas também inspirou mudanças legislativas. Ele foi o primeiro gato em seu estado a ter seus direitos garantidos na Justiça como animal comunitário em 2021. O especialista em Direito Animal e tutor do Frajolla, Pablo Chaves, que o representou, agora é um defensor de uma lei nacional que trate do bem-estar dos animais. “Este caso foi muito inspirador para mim, após todo o processo judicial, eu marquei isso na pele, fazendo uma tatuagem em homenagem ao Frajolla, fiz uma pós graduação em Direito Animal e fico muito feliz que esse caso possa ter tornado inclusive justificativa para o Projeto de Lei 275/2023, que ajudará outros animais comunitários a conquistarem seus direitos”, destaca.

Sativa, uma gata de sete anos, tornou-se o raio de sol na vida de Julia, sua tutora. Natural do Rio Grande do Norte, Julia compartilha como Sativa a adotou durante um período financeiramente desafiador. A gata não apenas transformou a vida dela, como também inspirou uma mudança de cidade, de emprego e uma nova dedicação ao bem-estar animal. Hoje, Julia administra um atelier onde produz brinquedos reciclados para pets de todo o Brasil, além de cuidar de animais de rua. “Depois que Sativa me adotou eu passei a enxergar os animais com o coração, e os animais de rua me chamaram muita atenção. Foi aí que decidi alimentá-los e hidratá-los, meu pai elaborou um comedouro de PVC e instalou em frente de casa e hoje alimento mais de 10 animais por dia. Não tenho condições financeiras pra custear toda a ração, mas recebo doações e elas que tem sustentado esse projeto”, destaca. (Assessoria)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp