Anuncie aqui
Anuncie aqui

Ismael Crispin repudia exclusão de Rondônia no reajuste do preço do Café

Café conilon tipo 7 vai aumentar de R$ 210,13 para R$ 242,31 no país, exceto para Rondônia

O deputado Ismael Crispin (PSB) vem a público manifestar seu repúdio ao reajuste de 15,31% no preço mínimo do café conilon do Brasil para a safra 2020/2021, tendo em vista que a portaria assinada na quarta-feira (04), pela ministra do Ministério da Agricultura (Mapa), Tereza Cristina não contempla os produtores do Estado de Rondônia.

“Os nossos produtores pagam mais caro para produzir e na hora de reajustar o valor mínimo, eles tiram Rondônia fora!! De acordo com a portaria o preço mínimo da saca 60 kg do café conilon tipo 7 vai aumentar de R$ 210,13 para R$ 242,31 no país, exceto para Rondônia. Não podemos aceitar essa discriminação com o nosso Estado! Precisamos da nossa bancada federal, dos nossos apoiadores em prol dos nossos produtores de café”, indagou Ismael.

Segundo o deputado, na portaria de n° 66, o Ministério da Agricultura aponta que os preços mínimos são estabelecidos em favor dos produtores. “Eles ainda justificaram dizendo que foi estabelecido uma regionalização para o preço do conilon e, com isto, Rondônia ficou de fora. Isso não justifica a indiferença com os nossos produtores”, finaliza.

Texto: Laila Moraes-ALE/RO

Foto: José Hilde-ALE/RO


Gostou? Compartilhe esta notícia!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp