Cacoal/RO, 13 de junho de 2024 – 02:22
Search
Search
13 de junho de 2024 – 02:22

Lançado no IFRO o Programa de Bioeconomia na Amazônia Legal

Segundo o Coordenador(a)-Geral da Equipe Multidisciplinar Sistêmica do Projeto de Oferta de Cursos FIC em Bioeconomia para Amazônia Legal, Augusto Rodrigues de Sousa, “a realização dos cursos de bioeconomia no Instituto Federal de Rondônia é um sinal do comprometimento do governo federal e da nossa instituição com a promoção da autonomia econômica das pequenas comunidades e povos tradicionais do nosso estado. Ao capacitar essas comunidades, estamos fortalecendo suas habilidades para diversificar suas atividades econômicas, relacionando práticas tradicionais, inovação tecnológica e qualificação profissional. Ao mesmo tempo, os cursos fomentam práticas ambientalmente responsáveis, contribuindo para uma relação de envolvimento dos povos da floresta com o bioma, vivendo dele e com ele, sem explorar de forma ostensiva e predatória o meio ambiente. Dessa forma, ajudamos a construir bases de uma economia local autossustentável e com inclusão social”.

Diversas atividades formativas integram a ação. Sendo que já foi iniciado pelo Campus Ji-Paraná, no dia 19/02, o curso de Viveiricultor, em parceria com a Comunidade Terapêutica Caminho de Luz, em Ouro Preto do Oeste, que sedia a realização da capacitação. Os demais campi do IFRO ofertarão cursos ainda no primeiro semestre de 2024, exceto Colorado do Oeste que agendou todos para o segundo semestre do ano.

As ofertas serão de Fruticultor (Campus Vilhena); Açaicultor (Campus Calama); Administrador de Empreendimentos Florestais de Base Comunitária (Campus Zona Norte); Fruticultor (Campus Jaru); Produtor de Licores, Açaicultor, Operador de beneficiamento de pescado, Produtor de Mandioca e Produtor de Embutidos e Defumados (Campus Guajará-Mirim); Operador de Beneficiamento de Café (Campus Cacoal); Agricultor Agroflorestal (Campus São Miguel do Guaporé); e Produtor de Mandioca (Campus Ariquemes).

E para o Campus Colorado do Oeste estão previstos os cursos de Agricultor Agroflorestal, Fruticultor, Produtor de Embutidos e Defumados e Produtor de Mandioca. A iniciativa faz parte do Projeto Profissionais do Futuro – Competências para a Economia Verde, que objetiva ampliar a qualificação profissional para o desenvolvimento de atividades econômicas sustentáveis.  Ao todo, serão 465 vagas em cursos para qualificação profissional de trabalhadores nas cadeias produtivas e de valor da bioeconomia, distribuídas nos 9 campi da instituição.

O objetivo do projeto acompanhado pela Pró-Retoria de Extensão do IFRO, juntamente com as unidades nos municípios, é aumentar as perspectivas de emprego dos/as egressos/as de educação profissional em setores de sustentabilidade da economia brasileira. Tais setores contemplam a educação profissional e tecnológica, bioeconomia e energia, além de outras atividades produtivas sustentáveis relacionadas à economia circular e à digitalização, enquanto tema transversal.

Para a Diretora de Programas e Projetos de Extensão, Marcia Tesser, “a oferta de cursos de formação inicial tem como objetivo compartilhar com as comunidades as tecnologias disponíveis para agregar valor aos produtos gerados pelas comunidades, bem como fortalecer as cadeias produtivas locais. O IFRO cumpre assim, seu papel como agente formador dos povos da floresta”.

No projeto a Agência de Cooperação Internacional Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) é parceira do Ministério da Educação (MEC). A atividade faz parte da Cooperação Técnica Brasil – Alemanha “Educação Profissional para Desenvolvimento Econômico Verde e Empregos”, iniciativa que integra o Acordo Básico de Cooperação Técnica entre a República Federativa do Brasil e a República Federal da Alemanha, de que trata o Decreto nº 2.579, de 6 de maio de 1998.

  • Evento-Calama_2
  • Evento-Calama_3
  • Evento-Calama_4
  • Evento-Calama_5

 

IFRO publica edital do Projeto “IFROatleta cidadão” para seleção de bolsistas

img materia Projeto IFROatleta Cidadão

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), publicou editais de seleção de professores de Educação Física e Colaborador/Auxiliar para atuarem no projeto “IFROatleta cidadão”. O objetivo do projeto é oportunizar a adolescentes vivência com modalidades esportivas, por meio de suas práticas, a fim de que não apenas despertem ou ampliem o gosto por modalidades, como também desenvolvam sua cidadania.

Serão selecionados profissionais para atuarem nos polos: Colorado do Oeste (Cerejeiras e Pimenteiras do Oeste); Vilhena; Ji-Paraná; Cacoal; São Miguel do Guaporé; Jaru; Ariquemes; Porto Velho Calama; Porto Velho Zona Norte; Porto Velho Zona Leste e Guajará-Mirim.

As inscrições vão até o dia 11 de março de 2024 e deverão ser realizadas por meio do preenchimento dos formulários eletrônicos, com a  inclusão de documentos em extensão PDF, legíveis e em arquivo único. Para a função de Professor Formador o link de inscrição é: https://forms.gle/K1Q65fxDNeKao1HP9. Para a função de Colaborador/Auxiliar as inscrições devem ser feitas em:  https://forms.gle/AtBovx5WSeNJG1W46.

Na seleção dos bolsistas para atuarem na função de professor de Educação Física é necessário ter graduação em Educação Física com ou sem vínculo com o serviço público, Carteira de Identidade Profissional- CIP ou Certidão Negativa de Regularidade. Já para atuar na função de professor nas comunidades indígenas das aldeias ite rap e paygap (polo Ji-Paraná), o profissional deverá apresentar comprovante de experiência em práticas da cultura corporal de movimento com indígenas. A carga horária mensal é de 64h, com bolsa no valor de R$ 2.200,00, por um período de até 10 meses. O edital pode ser consultado em: https://selecao.ifro.edu.br/reitoria/1262-edital-n-02-2024-selecao-de-profissionais-para-atuarem-na-funcao-de-professor-formador-do-projeto-ifroatleta-cidadao

Na seleção dos bolsistas para atuarem na função colaborador/auxiliar podem participar: alunos de cursos técnicos ou de graduação do IFRO; alunos de graduação em Educação Física de qualquer instituição; graduados em Educação Física; profissional com ensino médio completo e experiência comprovada na área em que concorre; profissional com experiência em práticas corporais junto à comunidades indígenas (este item é específico para o colaborador que pleitear a vaga nas aldeias ite rap e paygap), mediante comprovação. A carga horária mensal é de 64h, com bolsa no valor de R$ 900,00, por um período de até 10 meses. O edital pode ser consultado no link:  https://selecao.ifro.edu.br/reitoria/1263-edital-n-03-2024-selecao-de-profissionais-para-atuarem-na-funcao-de-colaborador-auxiliar-do-projeto-ifroatleta-cidadao.

Nos editais os candidatos poderão conhecer como optar pelo município onde pretendem atuar, saber quais as atribuições de cada função e a documentação necessária para inscrição.

Sobre o IFROatleta cidadão

O Projeto “IFROatleta-cidadão” decorre fundamentalmente da necessidade de oferecer aos estudantes de escolas públicas e privadas oportunidades quanto à prática esportiva. Serão oportunizadas aos jovens na faixa etária entre 13 e 17 anos atividades nas modalidades de futsal, futebol, voleibol, handebol, basquetebol e atletismo, além dos eventos de formação cidadã, que ficarão a cargo de uma equipe de profissionais de sociologia.

As atividades práticas do projeto irão ocorrer nas dependências dos campi do IFRO e também nos locais viabilizados via parceria, tanto com prefeituras quanto com clubes e entidades privadas. Além de arcar com os custos dos professores e colabores, o projeto irá fornecer os materiais necessários ao desenvolvimento das atividades como: bolas, camisetas e material didático para as práticas das modalidades. Os municípios onde o projeto será desenvolvido são: Guajará-Mirim, Porto Velho, Ariquemes, Jaru, Ji-Paraná, São Miguel do Guaporé, Cacoal, Vilhena, Colorado do Oeste.

Com relação à participação dos alunos no projeto será publicado em breve um edital com objetivo de selecionar alunos e alunas da rede pública e privada de educação do estado de Rondônia, com faixa etária entre 13 e 17 anos, para participarem das práticas esportivas ofertados na modalidade presencial. Serão ofertadas até 240 (duzentos e quarenta) vagas, em cada um dos municípios polo. Cada aluno receberá uma bolsa mensal no valor de R$ 100,00 para ajudar a custear o transporte até os locais das atividades.

ASCOM/IFRO

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp