Cacoal/RO, 1 de março de 2024 – 21:46
Search
Search
1 de março de 2024 – 21:46

O DIA 11 DE JANEIRO NA HISTÓRIA – E POR DETRÁS DAS PROPOSTAS?

11.1.2024 – BOM DIA!

Lúcio Albuquerque
69 99910 8325

RONDÔNIA
1920 – O jornal Alto Madeira anuncia dia 18 o resultado do concurso a “Mais Bela Senhorita de Santo Antônio”. A coroação será durante o arraial de Santo Antônio.
1942 – A prefeitura, com apoio da 3ª Cia de Fronteira e da EFMM, faz a limpeza da cidade (PVH). O prefeito Bohemundo Afonso pede aos moradores que limpem seus terrenos.
1975 – Ainda como Guarda Territorial, um contingente da futura Polícia Militar se instala em Vilhena, sob comando do sargento Marlúcio Souza
1981 – O colunista social Roberto Vieira estreia no Alto Madeira. Registra a boa adesão ao programa Carona Solidária e ao projeto Promorar, anunciado pelo prefeito Francisco Paiva.
1989 – O vereador Demétrio Bidá (Ji-Paraná), apoia o projeto do deputado Edson Fidelis de mudar a capital para uma região em Ji-Paraná, o que deve ser definido na Constituinte.
OBS: Na votação da Constituinte a matéria (Art 9º) foi reprovada, com 4 votos a favor e 20 contra.

COMEMORE
Dia Internacional do Obrigado.
Católicos celebram São Pedro de Cesaréia, Santo Higino (papa), São Paulino de Aquileia, São Tomás de Cori, São Teodósio, São Vital

BRASIL
1985 – Começa no Rio de Janeiro a 1ª edição do Rock in Rio. 2021 — A Ford anunciou o fim da produção no Brasil e o fechamento de suas fábricas.

MUNDO
1922 – Pela 1ª vez a insulina foi administrada em um paciente diabético. 630 —O profeta Maomé lidera a conquista da cidade de Meca. 1886 — Começa a 1ª edição oficial do campeonato mundial de xadrez. 2020 – Autoridades municipais de saúde em Wuhan
(China) anunciam a 1ª morte por COVID-19.

 

FOTO DO DIA

E POR DETRÁS DAS PROPOSTAS?

Na segunda metade da década de 1980, na esteira do que já se falava abertamente, havia a proposta de que Rondônia fosse dividido em dois Estados um no sul, de Cacoal em diante, numa linha a partir da BR-364 até o vale do Guaporé.
De Cacoal em diante, no sentido norte, ficaria mesmo como Rondônia, sob alegações várias, como repetiriam daí em diante políticos que buscariam em 1990 ou depois governar o Estado.
Na época, e depois, candidatos, inclusive ao governo, eram citados como responsáveis por outdoors espalhados na faixa sul rondoniense dizendo que “Agora o interior vai ter governador”.
Na Constituinte de 1989, um deputado de Ji-Paraná defendeu a necessidade de mudar a capital do Estado para uma área de influência de Ji, alegando diversos fatores, um deles que era mais barato alguém da região centro-sul tratar de seus interesses em Cuiabá (MT), que vir a Porto Velho.
A proposta, que teria lugar como Art 9º, foi detonada pela Assembleia Constituinte, onde 18 dos 24 membros eram do interior.
(F. A professora Marise Castiel e a dona-de-casa Maria Oceano Alves estavam na 1ª fila em defesa de Porto Velho)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp