Rondônia, 18 de julho de 2024 – 15:40
Search
Anuncie aqui
Search
18 de julho de 2024 – 15:40

Roberto Jefferson cumpre decisão de Moraes e se entrega à Justiça

Anuncie aqui
Ex-parlamentar estava em casa

Hoje, a PF foi até a casa do ex-deputado federal para cumprir uma decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF | FOTO: Agra/PTB Nacional

 

O ex-deputado federal Roberto Jefferson (PTB-RJ) se entregou neste domingo, 23, à Polícia Federal (PF) no Rio de Janeiro. O ex-parlamentar estava na própria residência e, depois de horas de negociações com a polícia, cumpriu a determinação do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são da rede Jovem Pan. Segundo a emissora, Jefferson está, neste momento, em uma das viaturas da PF.

Na decisão, Moraes argumenta que Jefferson descumpriu as medidas cautelares impostas a ele. O ex-deputado estava em prisão domiciliar, com tornozeleira eletrônica, desde janeiro deste ano.

“Diante do exposto, em face do reiterado desrespeito às medidas restritivas estabelecidas, reestabeleço a prisão de Roberto Jefferson Monteiro Francisco, a ser efetivada pela Polícia Federal”, decidiu Moraes. “Ele deve ser recolhido, imediatamente, ao estabelecimento prisional.” O ministro ainda ordenou a busca e apreensão na casa de Jefferson.

Entenda o caso

Hoje, a PF foi até a casa do ex-deputado federal para cumprir uma decisão do magistrado, que ordenou o reestabelecimento da prisão preventiva de Jefferson. Conforme a PF, durante a diligência, Jefferson reagiu à ordem de prisão anunciada pelos policiais federais.

“Dois policiais foram feridos por estilhaços de granada arremessada pelo alvo e levados imediatamente ao pronto-socorro”, informou o órgão. Ambos passaram por atendimento médico, foram liberados e passam bem. São eles o delegado Marcelo Vilella e a policial Karina Lino Miranda de Oliveira.

Vídeos obtidos por Oeste mostram agentes da Polícia Federal do lado de fora da casa de Jefferson, que mora na cidade do Rio de Janeiro. As imagens parecem ter sido capturadas pelas câmeras de segurança do ex-deputado.

Nas gravações, Jefferson diz que a Polícia Federal quer prendê-lo e que a ordem partiu do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Alexandre de Moraes. “Essas são as violências do Xandão. A minha raiz está plantada. O jogo que estou jogando vocês sabem”, diz na gravação. E avisa que não vai se entregar à polícia: “Não vou me entregar, acho um absurdo. Vou enfrentá-los. Vou lutar pela liberdade.”

No vídeo ainda é possível ouvir uma pessoa chorando. Em seguida, Jefferson mostra o carro da PF com várias trincas no vidro da frente. “Eles atiraram em mim e atirei neles”, explicou o ex-parlamentar. “Estou na minha casa, mas eles estão me cercando. Vai piorar muito. Chega de abrir mão da minha liberdade.”

(Fonte: Revista OESTE)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp