Cacoal/RO, 3 de março de 2024 – 19:46
Search
Search
3 de março de 2024 – 19:46

PORTA ABERTA – Entrevero político emRolim

Por Fernando Garcia

Candidatura de vice
Nunca se viu tantas discussões políticas em Rolim de Moura, pela busca de uma candidatura a vice-prefeito nesta eleição municipal, nem mesmo quando Ivo Cassol, saiu candidato a reeleição em 2000 e, olha que tinha nomes bons na época como Décio Lira e o vereador Zé Antonio. Naquela oportunidade, tinham motivos de sobra para buscar uma candidatura de vice-prefeito, pois todos sabiam que o descendente de italiano estava decidido para disputar o governo estadual, Tïão Serraia, foi o nome preferido de Ivo Cassol. Assim que Cassol se elegeu governador, à amizade que antes era das melhores possível, começou a causar distúrbios políticos entre ambos, se enveredando numa briga política sem precedentes, uma vez que Serraia, criou vários obstáculos para que o governo investisse em Rolim de Moura.

Entrevero político em Rolim

O que se observa no momento é que as conversas de lideranças políticas em Rolim de Moura, giram mais entorno do nome de quem será o vice-prefeito de Aldo Júlio, mesmo ele não se declarando ainda se será candidato ou não, mesmo estando fazendo uma boa administração com apoio inegável do Governo do Estado e da bancada federal. Enquanto Aldo Júlio, se mantém calado sobre sua reeleição, um grupo inclusive considerado oposicionista ao prefeito, faze refaz reuniões para agrupar uma grande nominata dentro das hostes legislativas, com o intuito de pressionar o alcaide, para quando ele declarar que pretende ser candidato a reeleição, indicar um vice que sairá dentro desse grupão, mas não se pode esquecer, o desejo de um jovem empresário em diversos ramos na cidade, pretende entrar na disputa para ser o Vice de Aldo. Acontece que mesmo fazendo uma administração coerente, a reeleição do prefeito Aldo Júlio, para o palácio senador Olavo Pires, continua uma incógnita que por motivos de cautela, elenão quer dar maiores detalhes, mas todos sabem que a prioridade da figura do vice-prefeito ou até mesmo a prefeito, passará pela indicação do velho cacique da família Gonçalves.

Sem rumo

O momento político em Rolim de Moura, continua acelerado, embora alguns pretendentes aos cargos de vereador e prefeito não possuem nenhuma matrícula concreta e com segurança em partidos políticos. Um dos casos mais emblemáticos são bastante visíveis dentro do próprio legislativo mirim, onde quase todos eles não pretendem da sequência nos partidos em que estão filiados, onde estão divulgando o propalado grupão nas redes sociais, porém de convicto mesmo só o jargão. Caso os vereadores que pretendem pular fora de seus partidos, não conseguirem se decidirem em tempo hábil, terão que concorrer pelos partidos que estão, pois, a data para se filiarem em outras agremiações estão chegando ao fim, portanto, todo cuidado é pouco, porque as “janelas” para transferências partidárias será entre 7 de março e 5 de abril, período em que os vereadores e vereadoras poderão trocar de partidos para concorrerem às eleições sem perder o mandato.

Enfim
Depois de quase uma década sem fazer concurso, visto que o último realizado a cerca de quatro anos foi impugnado, a notícia dada pelo prefeito Aldo Júlio, de que o município irá realizar o certame em breve, trouxe esperança para centenas de desempregados que almejam um emprego público. Realmente a notícia do concurso no início do ano, não só agradou aos pretendentes de uma das vagas, como foi bem recepcionada no meio comercial e empresarial, onde certamente esse dinheiro será injetado dentro da cidade girando a economia local. A secretaria de administração, já está tomando todas as providências para à agilização do edital, para o chamamento das empresas interessadas em conduzir o certame municipal o mais rápido possível.

Ainda bem

Tomara que na publicação do edital para inscrição do concurso municipal, que os responsáveis saibam pontuar muito bem onde existem as carências  da prefeitura. É preciso que priorizem as vagas nos setores mais frágeis da administração, onde há anos vem sofrendo por falta de mão de obra especializada, onde muitas vezes vira uma enxurrada de pessoas em áreas medíocres. Só lembrando por exemplo, que é preciso aumentar os agentes da fiscalização municipal para atuar em diversos setores, principalmente da mobilidade urbana onde muitos foram contemplados com asfalto e, nem sequer fizeram uma calçada. Mas também existem outros setores a serem elencados, como a Saúde e a Educação, áreas consideradas de suma importância para toda municipalidade, acabando de uma vez por toda com essas nomeações temporárias renováveis por mais outro período. Embora a decisão de fazer o concurso tenha sido acertada por parte do prefeito Aldo Júlio, também já soam alguns comentários de setores da oposição, tecendo críticas ao prefeito, afirmando que ele deixou para realizar o concurso exatamente em ano eleitoral, mas tomara que seja realizado independente do período.

Mais rigor
Mais um caso de violência em Porto Velho, onde dois animais da raça Pitbull, estraçalhou um trabalhador que estava passando em via pública e, para não morrer conseguiu adentrar um estabelecimento comercial. O homem foi atendido pelo Corpo de Bombeiros e levado para rede pública de saúde para os atendimentos necessários. Já deveria ter uma Lei no Brasil, para impedir a criação desses animais, em Rondônia, tanto na capital como no interior, já se notabilizaram por acontecimentos brutais dessa natureza. Infelizmente o dono do animal agressor, que por desatenção em não manter o animal preso, deve comparecer a delegacia e dizer que está ciente dos fatos, mas que o animal escapuliu ou nem responder zorra nenhuma. Esse negócio de donos de animais da raça Pitbull, dizer que é um animal dócil é conversa para boi dormir, aqui em Rolim de Moura, já aconteceu o animal estranhar o próprio dono que cuidava constantemente dando água, ração e banho.

Jantar da amizade
Mais uma vez o médico veterinário Chico Melo, na noite dessa segunda feira (22), conseguiu reunir em sua residência muitos amigos e várias autoridades, dentre elas o prefeito de Rolim de Moura, Aldo Júlio, prefeito de Cacoal Adailton Fúria e o deputado estadual Goes e suas respectivas esposas para saborear a carne do sol assada e a tradicional peixada. Realmente as iguarias estavam uma delícia, coisa que ele sabe fazer como ninguém, onde mais de 30 pessoas participaram do jantar e, todas saíram bastante satisfeitas. Em outra oportunidade, o atual presidente do Plenarinho de Rolim de Moura, Chico Melo, conseguiu reunir em sua residência políticos de expressão do Estado, como o ex-presidente da Assembleia, Laerte Gomes, ex-senador Expedito Júnior, ex-governador Ivo Cassol, e o senador Marcos Rogério, que além do churrasco foi servido também a tradicional Buchada de carneiro, uma das suas especialidades.Vários pretensos candidatos de diversas agremiações se fizeram presente, onde aconteceu papos variados e não somente de política. No finalzinho quando o deputado Cássio Goes, estava se despedindo, o prefeito Aldo Júlio, aproveitou a oportunidade e pediu ao mesmo através de emenda, uma ambulância UTI, recebendo do deputado à atenção de que iria olhar de forma carinhosa o pedido.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp