Rondônia, 22 de julho de 2024 – 07:38
Search
Anuncie aqui
Search
22 de julho de 2024 – 07:38

Projeto Soldado Cidadão envolve parceria entre Senai, Energisa e Exército

Anuncie aqui

A reunião institucional realizada na sede da Energisa, em Porto Velho, da qual participaram representantes da Federação das Indústrias do Estado de Rondônia (FIERO), Departamento Regional do SENAI Rondônia e do Exército teve como pauta a parceria entre as três entidades para a continuidade das ações do projeto Soldado Cidadão no estado.

De acordo com o diretor jurídico da FIERO-SESI-SENAI-IEL, Marcelo Lessa, a princípio o diretor técnico e Comercial Fernando Corradi e o gerente Administrativo e Assuntos Institucional Fabiano Medeiros, ambos da Energisa, explanaram sobre a infraestrutura, os serviços da empresa, a adesão ao Soldado Cidadão para formar e admitir nos seus quadros ex-militares formados a partir da parceria com o SENAI.

“O coordenador nacional do Projeto Cidadão, coronel do Exército Paulo de Tarso Cordovil Correa dos Santos esteve em Porto Velho para participar do encontro, conhecer a empresa e também visitar a unidade CETEM, no Polo Industrial da capital juntamente com o capitão Wan Buck, da 17ª Brigada de Infantaria e Selva. Durante a conversa, Corradi e Medeiros comentaram que a expectativa é qualificar mais de 400 novos profissionais para atuarem no setor”, destacou Lessa.

Para o diretor jurídico, a participação nesta iniciativa constitui uma oportunidade de ser absorvido pelo mercado depois de dar baixa no Exército. “Especificamente olhando para a Rondônia, a própria Energisa afirma a carência dessa mão de obra. E a empresa busca um profissional que tenha o perfil ideal para atender às suas necessidades e os ex-militares têm a disciplina aprendida no dia-a-dia da caserna. Daí a importância desta parceria, que se consolida ano após ano, pois é vencedora exatamente pelo seu forte apelo social, porque de formar profissionais altamente qualificados é a forma motriz e razão de ser de uma instituição reconhecida por sua excelência neste quesito, como é o SENAI”, comentou.

O gerente do SENAI CETEM, Cleber Santos lembrou que o projeto foi fechado desde 2019 e foram capacitados 148 egressos das Forças Armadas, dentre eles 28 mulheres. Deste total, a Energisa já contratou 35% dos ex-militares que integraram as seis turmas que a unidade formou no curso de Eletricista de Redes de Distribuição de Energia Elétrica.

Santos destacou que em 2023 participou do 2o Simpósio Projeto Soldado Cidadão (PSC), representando o Departamento Regional de Rondônia. O evento aconteceu na sede do SENAI do Bom Retiro, em São Paulo sob a coordenação do Comando de Operações Terrestres (COTER), Comando Militar do Sudeste (CMSE) e do Comando Militar da Amazônia (CMA).

De acordo com Santos, o simpósio proporcionou a troca de experiências em projetos de parcerias bem-sucedidas, a viabilidade da expansão desses em âmbito do regional de Rondônia, a apresentação de novas propostas de parcerias e estreitamento de laços de cooperação e camaradagem entre instituições e o Exército Brasileiro.

Conforme o gerente do SENAI CETEM, a instituição cumpre sua missão de qualificar mão de obra para a indústria e com o projeto Soldado Cidadão, de forma efetiva está fazendo também seu papel social, aliás essencial ao ajudar no direcionamento profissional dos militares em fim de período de serviço. “A qualificação é o que dá condições de um trabalho digno e a dignidade de um ganho justo para o sustento da família. É uma questão de justiça dar essa qualificação para que vocês sejam os melhores profissionais na área que escolherem”, finalizou.

Também marcaram presença na reunião, a consultora de Negócios da área de Mercado do SESI-SENAI-IEL, Marcilani Oliveira, a gerente Comunicação Carla Nascentes, o supervisor Eduardo Alves (ex-aluno do curso Eletricista de Redes de Distribuição de Energia Elétrica), VP RH Sabrina Amorim, Relações Institucional Juscelino Amaral, estes da Energisa.

Soldado Cidadão

Lançado em 2003 pelo Ministério de Emprego e Formação Profissional, em parceria com o Ministério da Defesa Nacional e instituições de ensino, o programa Soldado Cidadão visa oferecer qualificação profissional aos jovens que servem nas Forças Armadas e possibilitar melhores condições para o ingresso no mercado de trabalho após a desincorporação do serviço militar obrigatório.

(Imprensa/FIERO)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp