Rondônia, 18 de julho de 2024 – 00:19
Search
Anuncie aqui
Search
18 de julho de 2024 – 00:19

Rishi Sunak é escolhido como o novo primeiro-ministro do Reino Unido

Anuncie aqui
Com apenas 42 anos, Rishi Sunak é o primeiro hindu a comandar o Reino Unido e visto por muitos como um conservador tradicional e dedicado
Combinação favorável pode trazer alívio aos mercados, que não querem nada além de estabilidade em meio ao caos das últimas semanas(

“O Reino Unido é um país incrível, mas não há dúvidas de que enfrentamos um profundo desafio econômico. Precisamos agora de estabilidade e união, e terei como prioridade unir nosso partido e nosso país”, disse Sunak em seu primeiro discurso como primeiro-ministro na manhã de hoje.

O novo líder ainda precisa ser convidado por Rei Charles III, monarca britânico, antes de ser considerado oficialmente primeiro-ministro do Reino Unido, em um procedimento considerado como uma formalidade.

De origem indiana e com apenas 42 anos, Sunak será a primeira pessoa hindu a comandar o Reino Unido e o mais jovem primeiro-ministro do país em mais de um século. Ele assume em um momento de partido dividido por uma sucessão de crises e precisará recuperar a credibilidade do país.

O parlamentar estudou Política, Filosofia e Economia na Universidade de Oxford, no Reino Unido, e Universidade Stanford, nos Estados Unidos, onde conheceu sua esposa Akshata Murthy. Ele é filho de um dos homens mais ricos da Índia, NR Narayana Murthy, um dos fundadores da gigante de serviços digitais IT Infosys.

Depois de fazer fortuna ao trabalhar para o mercado financeiro, incluindo o Goldman Sachs (GS), Sunak entrou para o parlamento britânico em 2014, subindo de forma rápida nas fileiras ministeriais, tornando-se subsecretário de estado para o governo em 2018, secretário do Tesouro em 2019 e ministro das Finanças em fevereiro de 2020, uma ascensão vista como meteórica.

Ele foi a favor da saída do Reino Unido da União Europeia e se mostra favorável ao estado mínimo e a cortes de impostos. Sunak também é visto como um parlamentar dedicado e um conservador tradicional pós-thatcherista, cujo posicionamento é igual ao da maioria dos outros parlamentares conservadores. Essa combinação pode cair bem aos mercados, que não querem nada além de estabilidade em meio ao caos das últimas semanas.

No entanto, sua ascensão ameaça produzir sérias tensões entre os conservadores. Em uma entrevista na estação de rádio LBC que se tornou viral, um membro do Partido Conservador proclamou que apoiaria Johnson porque Sunak é um globalista com raízes indianas que não ama a Inglaterra como Johnson ama.

O fato de Sunak ter mantido sua residência nos Estados Unido quando era chanceler e de sua esposa ter reivindicado isenção de impostos alegando não ser uma residente do Reino Unido, fornece à oposição uma munição poderosa. No entanto, Akshata Murthy, sua mulher, renunciou ao status enquanto ele também renunciou à sua residência americana.

(Por Melina FlynnCom informações de Bloomberg News)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp