Cacoal/RO, 21 de junho de 2024 – 04:27
Search
Anuncie aqui
Search
21 de junho de 2024 – 04:27

Boca Maldita de 21 de agosto de 2020 – 40 anos de Tribuna Popular

Anuncie aqui

TRIBUNA POPULAR – Como esta semana marca o aniversário de fundação do jornal Tribuna Popular, queremos registrar nossos sinceros agradecimentos a todas as pessoas que ajudaram construir a sua história. Neste caso, nos dirigimos aos nossos anunciantes, que acreditam neste veículo, aos nossos leitores que são nosso objetivo para levar as melhores informações e as informações mais importantes para a sociedade. Infelizmente, nem sempre publicamos somente notícias boas, porque nosso país, nosso estado e nosso município são feitos de momentos agradáveis e de momentos difíceis e esta é a dinâmica da vida. Para nós, é muito importante manter nossos leitores informados e para isso contamos com inúmeros colaboradores nessas quatro décadas. Assim, também registramos nossos agradecimentos a todos os colaboradores que ajudam nesses anos todos produzir o jornal. Como vocês sabem, não é fácil, mas a sensação de atender nossos patrocinadores e leitores é muito agradável e justifica nossa luta diária. Veja as manifestações que TRIBUNA POPULAR recebeu nesses dias e continua recebendo e, se possível, também estarão espalhadas nas páginas da próxima edição. Muito obrigado a todos!!!

JAQUELINE CASSOL – Em pronunciamento na Câmara dos Deputados, em Brasília, a deputada Jaqueline Cassol fez uma homenagem ao jornal Tribuna Popular pelos 40 anos de existência em Cacoal e no estado de Rondônia. Ela ressaltou a importância da TP, destacando que o jornal está entre os raros jornais do estado que possuem existência tão antiga. Pelas pesquisas que temos, a Tribuna Popular é hoje o mais antigo jornal impresso de Rondônia em circulação, fato que realmente não é fácil no país. A sensibilidade da deputada Jaqueline Cassol em fazer o registro é merecedora de elogios e isto mostra o cuidado que ela tem em ajudar defender Rondônia e o patrimônio do estado. Patrimônio do estado sim, porque a Tribuna Popular está há 40 anos registrando a história e a cultura de nosso estado. Nossos sinceros agradecimentos à deputada Jaqueline Cassol e que ela continue desempenhando um brilhante trabalho pelos cacoalenses e rondonienses.

TRATAMENTO POLÊMICO – Essa semana foi bastante agitada no mundo político de Cacoal. A razão do barulho foi a divulgação em um programa de televisão dos serviços odontológicos que a Assembleia Legislativa de Rondônia pagou para o deputado Elcirone Deiró. Após a divulgação dos fatos, o deputado gravou vários áudios e distribuiu nos grupos sociais, informando que ele não é investigado por nenhum órgão e que fez uma cirurgia para corrigir um problema ósseo que teria sido constatado em sua boca. No Portal da Transparência da Assembleia Legislativa de Rondônia, constam duas notas fiscais cujo total é de R$ 58.700,00. Nos áudios em que explica sobre os fatos, o deputado informa que a Assembleia Legislativa tem uma norma interna que permite aos deputados gastos desse tipo. Entretanto, muitas pessoas discordaram dos gastos e afirmam que, neste momento de pandemia, não é adequado que aconteçam gastos como este, mesmo que seja um direito dos deputados. O momento é de poupar recursos, disseram muitas pessoas. Teve alguém sugerindo que como os deputados criaram essas regalias em mandatos passado, o próprio Cirone pode propor a derrubada e a injustiça com o povo que paga essa despesa. Fica a dica.

CULPA DO VERÃO – Esta semana, o presidente do SAAE resolveu publicar uma nota para explicar as razões da constante falta de água em diversos bairros da cidade. Segundo a nota, o problema estaria acontecendo porque existem muitas obras na cidade e por causa do verão que acontece todos os anos na Região Amazônica. Claro que existe a possibilidade de haver a interrupção do fornecimento de água por algumas horas e até mesmo dias em determinados setores da cidade, porque muitas vezes é necessário fazer a troca de canos e até mesmo a manutenção quando algum tubo fica danificado durante os trabalhos de pavimentação de ruas e avenidas. Mas existem diversos bairros da cidade onde não acontece nenhuma obra e a falta de água tem sido uma rotina. Com relação ao verão, todos os anos, nesta mesma época acontece o verão e nem por isso falta água como tem acontecido agora. Nós entendemos que o SAAE certamente vai trabalhar para evitar a falta de água, mas colocar a culpa no verão não cola. Desde a inauguração da ETA pelo Franco Vialetto em seu primeiro mandato, isso não acontecia. Está certo que Cacoal cresceu, muitos bairros surgiram, mas não se preveniram???

CAMPANHA ELEITORAL – Mesmo com as constantes interrupções do fornecimento de água em diversos bairros, alguns vereadores têm usado a tribuna da Câmara de Cacoal para fazer discursos emocionantes em defesa do presidente do SAAE. Ninguém consegue contar as vezes em que ele é parabenizado pelos vereadores, mesmo com a falta de água. Em contato com a BM, uma fonte comentou que, na realidade, os vereadores que elogiam o presidente do SAAE estão querendo usar a autarquia de água como comité de campanha eleitoral neste ano, já que a estrutura possibilita o uso do sistema para pedir votos. Os órgãos de fiscalização precisam estar atentos a essa situação para evitar que os candidatos usem a estrutura do serviço público em campanha eleitoral. Na eleição passada, dois vereadores foram acusados pelo Ministério Público de usar a estrutura do Hospital Regional de Cacoal e também do HEURO, no chamado esquema de fura-fila. Este ano, algumas pessoas já comentam que estão de olho nos candidatos que adotam essa prática. É uma vergonha existir na cidade políticos que usa a coisa pública para se eleger. Mas infelizmente, justiça para coibir isso ainda não existe na prática.

VEREADORES EM BRASILIA – Os vereadores que foram a Brasília no começo de agosto usaram muito as redes sociais, nos últimos dias, para tentar explicar o que foram fazer na capital brasileira, neste período de pandemia. Segundo as publicações feitas por eles, a finalidade da viagem era falar com deputados e senadores da bancada de Rondônia. Durante os cinco dias que os vereadores estiveram em Brasília mais da metade da bancada federal cumpriu agenda em Cacoal. Na justificativa de diárias consta que os vereadores iriam tratar de recursos para Cacoal com a deputada Jaqueline Cassol, mas certamente não cumpriram tal agenda, porque a deputada Jaqueline Cassol chegou a Brasília apenas na sexta-feira, data em que os vereadores voltaram para Cacoal. Vale lembrar que a deputada mora em Cacoal e costuma fazer visitas frequentes na Câmara de Cacoal. É comum encontrar a deputada Jaqueline Cassol assistindo as sessões da Câmara de Cacoal e explicando aos vereadores sobre os recursos que destina para Rondônia. E se caso um vereador, independente de partido, procurasse a deputada, com certeza ela atenderia.

VIAGENS E DIÁRIAS – O vereador Paulinho do Cinema protocolou esta semana um documento pedindo para que a Mesa Diretora da Câmara de Cacoal suspenda todos os pagamentos de diárias para viagens de vereadores enquanto durar a pandemia. Certamente a decisão do vereador foi motivada pela viagem que três vereadores fizeram recentemente a Brasília, alegando que iriam buscar recursos na capital federal. A viagem dos vereadores foi muito criticada pela população e incomodou não somente o vereador Paulinho do Cinema, embora os vereadores que viajaram tenha opinião diferente. A vereadora Maria Simões, que esteve na viagem a Brasília usou a palavra durante a sessão e declarou que considera um absurdo a proposta de suspender as diárias, porque nenhum vereador tem o direito de se meter no mandato do outro. Como ela faz parte da Mesa Diretora e possui indiscutível influência sobre os demais membros da Mesa, dificilmente o vereador Paulinho do Cinema vai emplacar essa ideia. No último ano de mandato, os vereadores não querem ficar somente em Cacoal.

CPI DA ENERGISA – O vereador Valdomiro Corá usou a tribuna da Câmara de Cacoal esta semana para cobrar dos deputados estaduais uma posição clara sobre a famosa CPI da Energisa que foi instalada em setembro de 2019 na Assembleia Legislativa e até hoje ninguém sabe o resultado. Na ocasião, Corazinho disse que a Câmara de Cacoal está a disposição dos deputados, caso eles queiram visitar a Casa e prestar informações sobre o assunto. Com certeza, o vereador Corazinho não é a única pessoa que espera uma explicação sobre a CPI da Energisa, porque o barulho feito pelos deputados no ano passado deixou a impressão de que a empresa sofreria punições muito severas sugeridas pela Assembleia Legislativa. Caso a CPI da Energisa não apresente os resultados esperados pela sociedade, a única coisa que vai sobrar para os contribuintes e pagar a conta das várias sessões que foram realizadas em diversos municípios do estado. Nas sessões ocorridas nesses municípios, os deputados levavam dezenas de assessores. Com certeza, as contas de hotéis, restaurantes e outros gastos são bem maiores do que os valores abusivos que a Energisa cobra dos contribuintes.

BERNARDO GUIMARÃES – escola Bernardo Guimarães foi beneficiada recentemente com uma importante iniciativa do vereador Nilton Cesar da Mata. A partir de agora, a área onde fica a caixa de água e a horta da escola passou a ser do estado e, portanto anexada à escola. O projeto foi aprovado por unanimidade pelos vereadores e vai resolver um grande problema, porque até agora o local pertencia ao município, fato que impedia a escola de fazer os necessários investimentos. É importante destacar a articulação do professor Nilton Cesar para que a situação fosse resolvida. Ele tratou da situação com a prefeita Glaucione Rodrigues, com as autoridades estaduais, com os vereadores, até que tudo ficasse resolvido. Há muitos anos, a escola tentava anexar o terreno ao patrimônio do estado, para que a escola pudesse funcionar de maneira mais adequada. Certamente os alunos serão os grandes beneficiados pela atuação do professor Nilton Cesar neste assunto, porque foi uma conquista muito importante.

Whatsapp Image 2020 08 20 At 14.07.49

Ao longo de 40 anos, em cada uma das 2070 edições impressas até aqui, não há dúvidas que que Adair Antônio Perin é o nosso maior leitor! Lê cada linha publicada, em cada página impressa, de cada edição que circulou até aqui. PERIN não só comanda, mas TAMBEM LÊ TRIBUNA POPULAR!

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp