Cacoal/RO, 13 de junho de 2024 – 03:04
Search
Search
13 de junho de 2024 – 03:04

Cármen Lúcia é eleita para a presidência do TSE; Nunes Marques será vice

Única mulher da Suprema Corte brasileira será a responsável por comandar a Corte Eleitoral durante as eleições municipais deste ano

Eleição de Cármen Lúcia para a presidência do TSE na noite desta terça-feira (7/5) – (crédito: Henrique Lessa/CB)

A ministra Cármen Lúcia foi eleita para a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para o biênio 2024-2026, em eleição simbólica na noite desta terça-feira (7/5) antes do início da sessão ordinária da Corte. Cármen Lúcia será a responsável pelo comando da Justiça Eleitor al durante as eleições municipais deste ano.

Moraes passa o bastão a Cármen Lúcia. Ministra sinalizou que não esmorecerá no combate às fake news e contra a manipulação da inteligência artificial – (crédito: Luiz Roberto/Secom/TSE)

 

A ministra, que é a única mulher atualmente do Supremo Tribunal Federal (STF), assumirá a partir de 3 de junho o comando da Corte Eleitoral pela segunda vez. Na primeira passagem pelo TSE , no biênio 2012-213, foi a primeira mulher a assumir o cargo de presidente da Corte — fato destacado pelo atual presidente, ministro Alexandre de Moraes.

“Pela feliz coincidência, posso passar a presidência do TSE para ela, que é a minha presidente. Ela, sete anos atrás, me deu posse no Supremo Tribunal Federal. Foi a segunda mulher a presidir o STF, depois foi a primeira mulher a presidir essa corte e agora bateu um novo recorde, marcando mais uma vez seu nome no Guinness Book, além de ser a primeira mulher a presidir o TSE, agora é a primeira mulher a presidir por duas vezes essa Corte”, disse Moraes.

(Correio Braziliense)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp