Rondônia, 20 de julho de 2024 – 21:03
Search
Anuncie aqui
Search
20 de julho de 2024 – 21:03

Coluna do Xavier – CACOAL: OS PROJETOS, AS OBRAS E O INVERNO AMAZÔNICO…

Anuncie aqui

Por FRANCISCO XAVIER GOMES

A Amazônia é uma região cujo clima é muito bem definido, embora a destruição de rios, florestas e animais seja um fato que compromete, de modo significativo, o equilíbrio ecológico. Entretanto, apesar dos graves sintomas de destruição, o período chuvoso na região é algo conhecido de todas as pessoas que habitam este paraíso que se estende por vários estados brasileiros e diversos países. Assim, nenhum rondoniense nascido ou radicado no estado pode ignorar o clima do local onde vivemos. Rondônia é um estado 100% amazônico. Por razões óbvias, quem vive em Cacoal não pode usar o discurso de que desconhece o período chuvoso no município, mas, infelizmente, muitos políticos possuem a mania de usar o inverno como desculpa para justificar a falta de capacidade, em relação à execução de obras anunciadas há vários anos. O discurso é decorado: “assim que as chuvas diminuírem, vamos iniciar a obra” … Quem nunca ouviu essa cantilena???

Então! No ano de 2021 todos os moradores da rua Uirapuru, em Cacoal, todas as pessoas que trafegam pela rua e todas as pessoas que possuem empresas naquela rua ouviram discursos como este. O papo era que as chuvas não permitiam o andamento das obras e que, nos primeiros dias de estiagem, os trabalhos seriam feitos. As chuvas acabaram, em 2021, o verão foi forte e nada de obras. Com isso, surgiram outras desculpas igualmente muito surradas e conhecidas de todas as pessoas que vivem em Cacoal. O papo era que os projetos anteriores foram mal feitos e tiveram que ser refeitos. O papo era que os preços dos produtos aumentaram e havia a necessidade de ajustes ou que a empresa vencedora da licitação se recusou a fazer os trabalhos. Sempre muitas desculpas!! Aliás, diversas autoridades municipais fizeram vídeos e mais vídeos nas redes sociais e prometeram que essa obra seria executada após o período de chuvas do ano passado. Tudo promessas!!

O residencial Vale Verde tem situação semelhante, em relação ao atraso das obras, porém com enorme contribuição de todos os políticos de Cacoal que fizeram de tudo para cancelar o sorteio realizado entre as famílias cadastradas para receber as casinhas. Hoje as casinhas estão dentro do matagal, estão inacabadas e ninguém sabe quando as obras serão retomadas. Numa previsão otimista, pode-se dizer que o conjunto residencial voltará a ser tema de debates nas eleições municipais. Quando chegar este período, todos os políticos da cidade dirão que vão resolver o problema e entregar as casinhas que as chuvas não deixam entregar. O prefeito de Cacoal e diversos vereadores reclamam muito das redes sociais, todas as vezes em que alguma pessoa diz umas verdades. Todavia, o maior “inimigo” dos políticos cacoalenses é a chuva. Em segundo lugar vêm os preços dos materiais, seguidos de perto pelos projetos mal feitos. Nesse pacote de desculpas esfarrapadas estão a rodoviária, o hospital municipal, as pontes do Pirarara e Machado, a rua Mário Quintana, as ruas do bairro Industrial e outras obras de menores dimensões…

E não podemos esquecer do Complexo da Segurança Pública, anunciado pela deputada federal Jaqueline Cassol, ainda nos primeiros meses de 2019. A expectativa gerada pela construção desse “complexo” deixou muitas pessoas empolgadas. A obra geraria milhares de empregos diretos e indiretos e seria o principal complexo do setor de segurança já visto em Rondônia. Na realidade, o valor anunciado por Jaqueline Cassol foi de 10 milhões. Com esse valor, certamente não seria possível construir uma obra de tamanha envergadura, mas outros recursos seriam encaminhados. Aliás, caso esse complexo fosse construído, seria a única obra do governo Bolsonaro em Cacoal. O futuro do pretérito no sintagma verbal, entretanto, deixa claro que o complexo é apenas uma promessa. Aqueles delegados que fizeram vídeos e mais vídeos falando sobre o início da obra deveriam gravar um vídeo agora e explicar como estão as coisas. Considerando que, até hoje, ninguém nunca mais falou do assunto, não dá para dizer que não vai acontecer, mas o Hospital Municipal é prova cabal de que o Complexo da Segurança Pública não sairá dos vídeos gravados pelos delegados antes de 15 ou 20 anos…

Antes que algum fofoqueiro tente colocar a deputada Jaqueline Cassol contra mim, quero deixar claro que não fiz nenhuma crítica a ela, aqui nesse arrazoado. Prometer obras nunca foi crime. E, como não sou bolsominion, não tenho o péssimo hábito de ficar procurando culpados para todos os problemas do mundo. Mas, para não perder a oportunidade, sugiro às pessoas que gostam de achar culpados para tudo que coloquem a culpa nas chuvas, em Leonardo di Caprio, no STF e no Xandão. Somente não vale buscar culpados entre os obedianos, porque eles certamente fariam beicinho. As chuvas, Leonardo di Caprio e Xandão têm costas largas e aguentam todo tipo de calúnia, birra ou mimimi… Tenho dito!!!

 

FRANCISCO XAVIER GOMES

Professor da Rede Estadual e Jornalista

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp