Cacoal/RO, 22 de maio de 2024 – 04:12
Search
Search
22 de maio de 2024 – 04:12

Corinthians aposta na ‘torcida’ para embalar na Sul-Americana nesta terça-feira

A Copa Sul-Americana é vista pelo torcedor corintiano e pela diretoria como uma oportunidade de o time voltar a ser protagonista, pois não conquista um título desde 2019
© Rodrigo Coca

Outro resultado que não seja uma vitória sobre o Nacional-PAR, nesta terça-feira, às 19 horas, na Neo Química Arena, pela segunda rodada do Grupo F da Copa Sul-Americana, poderá tornar insustentável o clima para o técnico António Oliveira no comando do time do Corinthians.

Depois da péssima campanha no Campeonato Paulista, quando acabou eliminado antes da disputa das quartas de final, o time voltou a decepcionar sua torcida, ao só empatar com o Racing-URU, semana passada, em Montevidéu, com um futebol pobre, apesar das três semanas de preparação.

A Copa Sul-Americana é vista pelo torcedor corintiano e pela diretoria como uma oportunidade de o time voltar a ser protagonista, pois não conquista um título desde 2019. Após a primeira rodada, o time de Parque São Jorge soma um ponto, ao lado do Racing, e vê o Argentinos Juniors na liderança com três, após vitória sobre o Nacional.

Um novo tropeço, em caso de nova vitória do Argentinos Juniors, poderá colocar o Corinthians em má situação, pois enfrenta na terceira rodada o rival argentino como visitante.

Para isso, o Corinthians aposta na força da torcida dentro da Neo Química Arena. O problema foi a baixa procura até segunda-feira para os ingressos mais caros (R$ 550,00), o que pode levar um público menor à partida e não os costumeiros 40 mil torcedores.

Ano passado o time caiu na fase de grupos na Libertadores porque foi mal nos jogos em casa, ao contrário da Sul-Americana,quando conseguiu reverter resultados e chegou até a semifinal.

Para seguir na competição, o Corinthians precisa terminar em primeiro lugar no grupo ou ficar me segundo e disputar um playoff com um terceiro de uma chave da Libertadores.

Como apenas a vitória interessa frente ao Nacional, António Oliveira preparou um time ofensivo, com Wesley, Yuri Alberto e Romero formando o trio de ataque. O meia Igor Coronado está livre de lesão na coxa e da dengue, mas deve ficar como opção no banco de reservas.

O Nacional está em 12º e último lugar no Campeonato Paraguaio. Soma uma vitória, três empates e sete derrotas. Marcou oito gols, mas sofreu 18.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS X NACIONAL-PAR

CORINTHIANS – Cássio; Fagner, Félix Torres, Gustavo Henrique e Hugo (Matheus Bidu); Raniele, Fausto Vera e Rodrigo Garro; Wesley, Romero e Yuri Alberto. Técnico: António Oliveira.

NACIONAL – Antony Silva; Claudio Núñez, Ismael Benegas, Sergio Ojeda e Sebastián Vargas; Orlando Gaona Lugo, Edgardo Orzusa, Juan Alfaro, Gustavo Caballero; Facundo Velasco. Treinador: Juan Pablo Pumpido.

ÁRBITRO – Jhon Ospina (COL).

HORÁRIO – 19 horas.

LOCAL – Neo Química Arena, em São Paulo (SP).

Fonte: Estadão Conteúdo

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp