Cacoal/RO, 20 de maio de 2024 – 07:55
Search
Search
20 de maio de 2024 – 07:55

Denúncia de descaso no PSI de Cacoal

O Vereador Paulo Henrique usou a Tribuna da Câmara, na segunda-feira, 08, de abril, para denunciar o Descaso da administração municipal, no atendimento do Pronto Socorro Infantil de Cacoal (PSI). O Vereador relatou a situação de uma mãe, que no último dia 05/04, precisou de atendimento para uma criança de 10 anos e ficou desesperada por que a equipe médica não conseguia identificar uma dor aguda, que a criança sentia.

Depois de idas e vindas ao Pronto Socorro, finalmente a criança foi atendida e regulada para o Hospital Heuro. Segundo relato da mãe, na quinta-feira foi ao PSI e após exames de sangue, mandaram para casa, mesmo a criança sentindo muita dor. Na sexta-feira, a mãe retornou ao PSI, pois a dor que a criança sentia era insuportável e depois de muita luta conseguiram fazer a ultrassom, que diagnosticou que era uma apendicite e que seria necessária uma intervenção cirúrgica.

Paulo Henrique explicou que, o que chama a atenção é que essa criança mesmo na situação de dor que se encontrava, chegou ás 18h no PSI e somente foi encaminhada ao Heuro para fazer o risco cirúrgico ás 03 da manhã. “Qual o motivo de abrir um serviço com atendimento especializado para crianças e não ter disponível profissionais necessários para atender? ”, questionou o Vereador, ressaltando que falta médico pediatra, cirurgião pediátrico, anestesista, ortopedista, além de uma de uma equipe multidisciplinar, para dar conforto aos pais e segurança as crianças no momento de dor.

O Vereador enfatizou que, a criança poderia vir a ter consequências drásticas, caso não houvesse atendimento de urgência. Após a cirurgia no Heuro, a criança está usando dreno para limpeza do local e recebe os cuidados no Hospital Regional de Cacoal. “Solicitei a Mesa Diretiva da Câmara, para que envie ofícios ao Conselho Regional de Medicina, o Conselho Municipal de Saúde e a curadoria do Ministério Público (área da saúde), para que esses órgãos possam cobrar providências do Executivo de Cacoal e sanar a situação do PSI do município”, finalizou.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp