Cacoal/RO, 14 de junho de 2024 – 01:35
Search
Anuncie aqui
Search
14 de junho de 2024 – 01:35

Indígenas lançam projeto “Paiter: Povo da floresta contra Covid-19”

Anuncie aqui

Desde o registro do primeiro caso de Covid-19 em solo brasileiro, o povo indígena Paiter-Suruí procura se antecipar no enfrentamento da doença. Nas últimas semanas, o coronavírus chegou às aldeias e tem tido um aumento assustador de casos.

Card Suruí Vermelho Terra 02

Com isso, os indígenas lançaram recentemente o projeto “Paiter: Povo da floresta contra Covid-19”. Entre as ações, foi lançada uma campanha em apoio às demandas dos indígenas Paiter Surui. “Com a sua ajuda, nossa comunidade poderá manter seu isolamento ao receber cestas básicas com alimentos e itens de limpeza para suprir as demandas emergenciais e imediatas. São 380 famílias que receberão esses produtos mensalmente sem precisar sair da aldeia e arriscar a contaminação nas cidades”, destaca o povo indígena na apresentação do projeto. Todas as etapas, informações, bem como a prestação de contas de todas as etapas do projeto é um compromisso do povo Paiter e podem ser acompanhadas através do Portal do Projeto.

Como ajudar?

O objetivo dessa primeira campanha é atender às demandas emergenciais de mantimentos alimentares, materiais de limpeza e cuidados básicos de higiene de 380 famílias (aproximadamente 1700 pessoas) que se mantém em isolamento durante a pandemia do coronavírus dentro do território Paiter. Serão entregues cestas básicas mensais pelo período de três meses.

A proposição desta campanha foi feita pelo Instituto Wãwã Ixotih em parceria com a Associação Metareilá do Povo Indígena Suruí que, de dentro das aldeias, selecionou os itens das cestas e fará as compras avaliando o melhor custo benefício nos supermercados e distribuidoras parceiras em Cacoal (a cidade mais próxima). As cestas serão higienizadas, transportadas e distribuídas em parceria com a FUNAI / DSEI, que vêm fazendo esse trabalho desde o início da pandemia.

O Instituto Wãwã Ixotih organizará a distribuição dentro das aldeias e fará a prestação de contas com listas assinadas e fotografias, disponíveis publicamente através do portal na internet.

Campanha

Essa campanha é realizada através da parceira entre o Instituto Wãwã Ixotih (proposta, idealização, co-execução) e a Associação Metareilá do Povo Indígena Suruí (realização, gestão jurídica, administração financeira, co-execução).

Instituto Wãwã Ixotih é uma entidade que atua na defesa e promoção dos direitos dos povos indígenas, além de estar alinhado com a proteção do meio ambiente e disseminação e preservação da cultura material e imaterial do Povo Paiter-Suruí.

Recentemente, com a Pandemia do Novo Coronavírus, está à frente da ajuda humanitária criando e coordenando a Campanha Paiter: povo da floresta contra Covid-19 para o enfrentamento, combate e novos rumos pós pandemia.

Associação Metareilá do Povo Indígena Suruí, fundada em 1989, atua na defesa e preservação do patrimônio cultural e territorial, buscando promover a garantia da biodiversidade e a formação dos povos e lideranças indígenas no intuito de construir e fortalecer a sua autonomia. As diversas atividades desenvolvidas pela Metareilá buscam envolver toda a comunidade indígena, assegurando assim o respeito da organização social, seus costumes, línguas, crenças, tradições e todas as demais formas de manifestações culturais.

Sua atuação na defesa do patrimônio territorial está sendo desenvolvida com o Projeto PAMINE, projeto que tem como principal objetivo o reflorestamento das áreas degradadas da Terra Indígena Sete de Setembro.

(Fonte: https://www.catarse.me/paitercontracovid)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp