Jô Soares eternizou personagens e entrevistas no mundo do esporte

Jô Soares era torcedor do Fluminense, mas acima de tudo um amante do esporte e do futebol. Seja com personagens, comentários, entrevistas e até críticas bem-humoradas, o apresentador, que morreu nesta madrugada, aos 84 anos, em São Paulo, sempre esteve próximo ao meio esportivo.

JÔ Soares interpreta o Zé da Galera: Bota ponta, Telê! — Foto: reprodução

JÔ Soares interpreta o Zé da Galera: Bota ponta, Telê! — Foto: reprodução

Como esquecer seu bordão “Bota Ponta, Telê”, um dos mais famosos de sua carreira, do personagem Zé da Galera, que criticava, em conversas num orelhão, o esquema tático de Telê Santana, às vésperas da Copa do Mundo de 1982.

No Programa do Jô, exibido na TV Globo entre 2000 e 2016, Jô Soares recebeu inúmeras figuras importantes do futebol, como Pelé, Ronaldo, Neymar, Galvão Bueno.

Com Galvão, seu amigo, ele viveu uma cena inusitada. Durante o “Bem, Amigos”, Jô Soares “invadiu” o programa, falou sobre Fluminense, pediu Copa do Mundo a cada dois anos para evitar guerras e elogiou Mano Menezes, que havia assumido o comando da Seleção.

Em 2010, Jô entrevistou o então jovem Neymar, que surgia na Vila Belmiro. Vários jogadores do Santos participaram da entrevista. No ano seguinte, Jô recebeu Pelé em seu programa. Em seu último ano na TV Globo, em 2016, ele voltou a receber Neymar.

Em 1983, o encontro entre Paulo Cesar Carpegianni e Jô Soares nos estúdios da Tv Globo
(GE)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp