Lutador preso por crime que não cometeu, Silvio Pantera vence no retorno ao boxe

Após ficar preso por seis anos por um crime que não cometeu, Silvio Pantera (de azul) voltou aos ringues na noite deste sábado com vitória na Copa Boxe, no Rio de Janeiro. Em um evento que contou com 9 lutas, em um hotel na Barra da Tijuca, Pantera superou Pedro Amorim por pontos e ainda levou o prêmio de melhor luta da noite.
O evento deste sábado foi promovido pela Associação Brasileira de Pugilismo (ABP). Pantera subiu ao ringue na categoria peso-pesado, cerca de seis meses após ganhar a liberdade definitiva.

Em novembro de 2015, então com 30 anos, Pantera foi apontado como coautor de um roubo seguido de tentativa de latrocínio. Preso em janeiro de 2016, ele foi condenado a 16 anos de detenção em regime fechado, mas foi absolvido no ano passado.

Silvio Pantera vence no seu retorno aos ringues — Foto: Gabriel AmorimSilvio Pantera vence no seu retorno aos ringues — Foto: Gabriel Amorim

Por Redação do ge — Rio de Janeiro

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp