Cacoal/RO, 17 de junho de 2024 – 02:26
Search
Search
17 de junho de 2024 – 02:26

MP de Rondônia tem dois projetos selecionados para a segunda fase do Prêmio CNMP 2020

O Ministério Público do Estado de Rondônia teve dois projetos selecionados para a segunda fase do “Prêmio CNMP 2020”: a criação do Centro de Apoio Unificado e Grupos de Atuação Especial de Tutela Coletiva, na categoria Unidade de Eficiência da Atuação Institucional Operacional; e o Sistema Laudus, na categoria Profissionalização da Gestão. Os dois projetos do MPRO foram selecionados entre aproximadamente 1.300 projetos aptos a concorrer ao prêmio.

A lista dos projetos selecionados para a segunda fase “Prêmio CNMP 2020” foi divulgada nessa sexta-feira (21/08) pela Comissão de Planejamento Estratégico do Conselho Nacional do Ministério Público (CPE/CNMP).

Ao todo, foram selecionados 45 projetos, sendo cinco iniciativas em cada uma das nove categorias do certame. Agora, a Comissão Julgadora receberá a lista final com todas as informações dos projetos, e os julgadores definirão os três finalistas de cada categoria.

O Prêmio CNMP foi criado para dar visibilidade aos programas e projetos do Ministério Público brasileiro que mais se destacaram na concretização dos objetivos do Planejamento Estratégico Nacional do MP.

Projetos Escolhidos

CAOP-Unificado – O Centro de Apoio Operacional Unificado (CAOP UNIFICADO) foi criado pela Resolução nº 10/2019-PGJ. É órgão auxiliar da atividade funcional do Ministério Público, vinculado à Procuradoria-Geral de Justiça, destinado a oferecer suporte e apoio técnico-jurídico aos órgãos de execução. Entre as atribuições do CAOP Unificado está promover a articulação, integração e intercâmbio entre os órgãos de execução, inclusive para efeito de atuação conjunta ou simultânea, bem como apresentar  estudos e propostas de projetos visando estabelecer política institucional para a atuação conjunta dos órgãos de execução, inclusive no que concerne à estrutura e a programas específicos.

GAES –  Já os Grupos de Atuação Especial de Tutela Coletiva (GAES) foram instituídos pela Resolução nº 9/2019 -PGJ com o intuito de prestar auxílio aos órgãos de execução do Ministério Público do Estado de Rondônia, atuando, mediante designação do Procurador-Geral de Justiça, em casos de repercussão, de grande complexidade ou que demandem atuação institucional unificada, referente à área temática respectiva.

Sistema Laudus –  Desenvolvido pela Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI), o Laudus é um sistema eletrônico para gerenciamento e acompanhamento de atividades do Núcleo de Análises Técnicas (NAT), unidade responsável pela emissão de pareceres técnicos necessários para instrução de feitos extrajudiciais e judiciais do MP/RO. 

Fonte: Departamento de Comunicação Integrada (DCI/MPRO)/CNMP

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp