Cacoal/RO, 20 de junho de 2024 – 06:10
Search
Anuncie aqui
Search
20 de junho de 2024 – 06:10

O DIA 05 DE AGOSTO NA HISTÓRIA

Anuncie aqui

Por Lúcio Albuquerque – [email protected]

BOM DIA! 5 DE AGOSTO:

RONDÔNIA: Em 1983 – Decreto-lei assinado pelo governador Jorge Teixeira eleva os distritos de Rolim de Moura e Cerejeiras a municípios. 1983 – A criação dos dois municípios gera a segunda crise institucional entre o governador Jorge Teixeira e os deputados ainda constituintes. A primeira foi a inclusão na Constituição de autonomia financeira e administrativa ao Ministério Público.

COMEMORA-SE: Dia Nacional da Saúde. Dia Nacional da Vigilância Sanitária. Católicos lembram São Caetano de Thienne. Santa Afra e Mártires. Santo Osvaldo de Nortúimbria. Nossa Senhora das Neves.

FATOS: 1585 – Iniciada a construção do Forte da Cidade que dá origem à Cidade Real de Nossa Senhora das Neves, primeiro nome da cidade de João Pessoa.

1827 – Nasce Manoel Deodoro da Fonseca, proclamador da República do Brasil.

1872 – Nasce o cientista  Oswaldo Cruz, médico infectologista brasileiro. 

1884 – A pedra angular da Estátua da Liberdade é colocada na Ilha de Bedloe (atual Ilha da Liberdade) no porto de Nova Iorque.

1895 – Morte de Friedrich Engels, filósofo alemão. 

1930 – Nascimento do astronauta (EUA) Neil Armstrong, primeiro homem a pisar na Lua.

1954 – Carlos Lacerda sofre o Atentado na rua Tonelero; seu guarda-costas, o major-aviador Rubens Florentino Vaz, é ferido e morto, iniciando a crise que levou ao suicídio do presidente Getúlio Vargas.

1955 – Morre Carmen Miranda, cantora do clássico “Tico-tico-no-fubá”, “O que é que a baiana tem” etc.  

2015 – Acidente na mina San José (Chile) aprisiona 33 mineiros chilenos a aproximadamente 700 metros abaixo do solo por 69 dias. Todos saem vivos.

2016 – Abertura dos Jogos da XXXI Olimpíada, no Estádio do Maracanã, Rio de Janeiro.

FOTO DO DIA: Em 1970 a cidade de Porto Velho, então capital do Território Federal de Rondônia, tinha apenas 70 mil habitantes e sua economia mais forte era representada pelo pagamento dos funcionários da Madeira-Mamoré, que ainda funcionaria por mais dois anos, e pela extração da cassiterita, nas locas na região de Ariquemes e parte de Porto Velho. A sede da EFMM tinha uma vida bucólica, acordando com o apito do trem, sem emissora de TV. A foto é da Avenida Sete de Setembro, sua principal via comercial ainda permitindo tráfego em dois sentidos. Ao fundo dá para ver um pouco o Rio Madeira.

3d76288f 545d 4cb9 Bff6 648ff6f52994

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp