Cacoal/RO, 17 de junho de 2024 – 02:42
Search
Search
17 de junho de 2024 – 02:42

O DIA 14 DE JULHO NA HISTÓRIA

(Por Lúcio Albuquerque – [email protected])

RONDÔNIA: 1899 – Proclamada a República do Acre, tendo como presidente o espanhol Luís Galvez. 1944 – Chega a Porto Velho sob o comando do capitão-engenheiro Ênio Pinheiro, viajando pelo navio-gaiola Tupi, o primeiro contingente da 2ª Cia. Rodoviária Independente. Os equipamentos estavam numa alvarenga rebocada pelo navio Tupi. 1979 – Primeiro casamento comunitário em Rolim de Moura, ainda subdistrito de Cacoal.

COMEMORA-SE: Dia da Academia Brasileira de Música. Dia da Liberdade de Pensamento. Dia de Propagandista de Laboratório. Católicos lembram São Camilo de Lélis e São Francisco Solano.

FATOS: 1570 — O papa São Pio V publica o Missal Romano do Concilio de Trento (a Missa tridentina) com a bula pontifícia Quo Primum Tempore (Desde o Primeiro Tempo).

1789 — Início da Revolução Francesa: parisienses tomam a Bastilha, a prisão do regime monárquico, e libertam sete prisioneiros políticos.

1790 — Revolução Francesa: Em Paris celebram a unidade do povo francês e a reconciliação nacional na Fête de la Fédération.

1867 – O químico sueco Alfred Nobel faz a primeira demonstração da Dinamite. 

1907 – Nasce o automobilista Chico Landi, primeiro brasileiro na Fómula 1. 1909 — Inauguração do Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

1933 — Gleichschaltung: na Alemanha, todos os partidos políticos são proibidos, exceto o Partido Nazista, de Hitler.

1951 – Uma rede americana de TV transmite o primeiro programa esportivo em cores: uma corrida de cavalos.

1995 – É lançado o formato de áudio mp3.

1998 – Morre Richard McDonald, empresário norte-americano que criou a rede de restaurantes Mc Donald’s, a maior do mundo.

2010 – Entra em vigor a lei que criou o divórcio direto no Brasil.

2016 – Durante as comemorações da tomada da bastilha em Nice, na França, um terrorista ligado ao estado islâmico invade a avenida principal da cidade com um caminhão, atropelando e deixando ao menos 84 mortos e 100 feridos.

A FOTO DO DIA: Enquanto do alto de onde estava seu busto, Getúlio Vargas, que o Dipe (Departamento de Imprensa e Propaganda) do governo, aparentemente olha o Rio Madeira, um grupo de “soldados da borracha” olham para cima, procurando observar o “pai dos pobres”, logo após desembarcarem rumo ao alojamento onde ficariam até terem suas vidas definidas, entre seringais ou se instalar em Porto Velho, àquela altura ainda município do Amazonas.

6662810e Cfbd 460d Bc5e C55a3a6a9a83

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp