Rondônia, 22 de julho de 2024 – 07:33
Search
Anuncie aqui
Search
22 de julho de 2024 – 07:34

O DIA 24 DE DEZEMBRO NA HISTÓRIA

Anuncie aqui

Por Lúcio Albuquerque – [email protected]

 

BOM DIA 24 DE DEZEMBRO!

 

COMEMORA-SE
Dia do órfão, Dia Universal do Perdão.

Católicos lembram Santa Irmina, Santa Tarcila, São Charbel Moakhlouf e Santa Paula Isabel Cerioli

RONDÔNIA
1914 – Nomeado pelo governador do Amazonas Jonatas Pedrosa, o major Fernando Guapindaia de Souza Brejense será o primeiro prefeito de Porto Velho, mas só assumiu em janeiro de 1915, quando instala o município.

BRASIL
1868 – Brasil, Argentina e Uruguai intimam o presidente paraguaio Solano Lopez para que se renda na Guerra do Paraguai.

1910 – O líder da Revolta dos Marinheiros, Cabo João Cândido, é preso no Rio de Janeiro.

1999 – Morre o ex-presidente João Figueiredo, que promulgou a Lei que criou o Estado Rondônia.

2006 — Morreu, aos 99 anos, o compositor Braguinha, também conhecido como João de Barro, autor da letra do clássico Carinhoso.

MUNDO
1524 – Morre o navegador português Vasco da Gama.

1734 – Voltaire publica as Cartas Filosóficas.

1906 – Rádio: Reginald Fessenden transmite o primeiro programa de rádio; a leitura de poesia, um solo de violino e um discurso.

1914 – Soldados ingleses e alemães promovem uma semana de confraternização em pleno campo de batalha da I Guerra Mundial, com comemorações natalinas e jogos de futebol.

 

FOTO DO DIA

 

Em dezembro de 1914, dois meses depois de instituído município por lei amazonense, Porto Velho teve nomeado seu primeiro prefeito, então chamado “superintendente”, o major Fernando Guapindaia de Souza Brejense, que só em janeiro de 1915 assumiria a municipalidade, enfrentando enormes dificuldades devido à resistências, tanto dos comerciantes já instalados na vila, quanto também a falta de entendimento entre sua administração e a da ferrovia Madeira-Mamoré. Foi no período do prefeito Guapindaia que Porto Velho ganhou sua primeira escola. Naquele período a borracha amazônica já começara a cair no mercado internacional, com reflexos sobre o município que nascia. O historiador Dante Ribeiro cita: “O Major Fernando Guapindaia destacou-se pela sua atividade política e como militar no Norte do Brasil, especificamente nos primórdios daqueles que são hoje os estados do Acre e Rondônia”. Em Porto Velho a única homenagem a seu primeiro prefeito é a escola Major Guapindaia.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp