Rondônia, 19 de julho de 2024 – 13:53
Search
Anuncie aqui
Search
19 de julho de 2024 – 13:53

O DIA 5 DE SETEMBRO NA HISTÓRIA

Anuncie aqui

Por Lúcio Albuquerque
Whatsapp 69 99910 8325

 

BOM DIA 2ª feira, 5 DE SETEMBRO

HOJE É
Dia da Amazônia (Lei nº 11.621/2007). Dia dos Irmãos. Dia Internacional da Caridade (ONU). Dia Internacional da Mulher Indígena.
Católicos celebram Santa Madre Tereza de Calcutá, Santo Aconto, São Nono, São Herculano, São Taurino

RONDÔNIA
1919 – Circula em Porto Velho o número 1 do jornal espírita A Luz da Verdade, primeiro veículo de comunicação de caráter religioso na região.

2019 – O governador Marcos Rocha sanciona Lei ratificando ato do 1º governador do Território do Guaporé, Aluízio Ferreira que em 1945, por decreto, designou Nossa Senhora de Nazaré padroeira de Rondônia.

BRASIL
1494 — Portugal ratificação do Tratado de Tordesilhas, com a Espanha.

1852 – O Amazonas passa a ser Província, desmembrada da Província do Pará.

1969 – A Junta Militar que governa o Brasil publica o AI-13, que prevê o banimento de basileiros do país.

MUNDO
1666 — Fim do Grande Incêndio de Londres: Dez mil prédios, incluída a Antiga Catedral de São Paulo, são destruídos.

1972 – Terroristas palestinos invadem alojamento da delegação de Israel e massacram vários atletas nos Jogos Olímpicos de Munique.

 

FOTO DO DIA

Entre 1909, quando saiu a primeira edição do jornal “The Porto Velho Times”, e 1912 quando foi a inauguração da estrada, mais dois outros jornais circularam na, hoje, capital rondoniense, sempre impressos na gráfica da construtora da ferrovia Madeira-Mamoré e, como tal, quase todas edições integralmente em língua inglesa. Um deles, o “The Porto Velho Marconigran”, edição de dezembro de 1910, no entanto, trazia em sua logomarca uma frase em espanhol, “La vida sin literatura y quinina es muerte”, talvez uma campanha de conscientização dos trabalhadores da obra de se prevenirem contra a malária, que naquele ano foi feita pelo cientista brasileiro Osvaldo Cruz, que veio a Porto Velho contratado pela empresa construtora para uma ação contra a malária.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp