Rondônia, 22 de julho de 2024 – 20:27
Search
Anuncie aqui
Search
22 de julho de 2024 – 20:27

 OLHO VIVO – A POLÊMICA DOS SEMÁFOROS

Anuncie aqui

OLHO VIVO – Por Claudemiro Souza

Sábado passado (29/01), por volta das 18;00 horas, o Corpo de Bombeiros foi acionado para atender a mais um grave acidente que aconteceu no retorno da marginal da BR-364, em frente ao posto Soberano. Local esse onde onde já aconteceu diversos acidentes graves. Ao chegar no local foi observado que uma das vitimas já se encontrava sem vida e se tratava do jovem Joas de Oliveira, pai de família. Muito triste, lamentável, mais uma família chorando pela perda do ente querido.

Esse último acidente, quem dera fosse o último mesmo, causou uma indignação muito grande da população e essa indignação chegou ao nosso prefeito que imediatamente anunciou providências urgentes naquele local, determinando a retirada de um semáforo da avenida Cuiabá para instalar naquele trecho perigoso.

Ai teve inicio a enorme polêmica…

… surgiu em Cacoal o maior grupo de “especialistas em trânsitos do planeta”, uns contra outros a favor, a hipocrisia e a demagogia tomou conta de algumas personalidades conhecidas da nossa cidade condenando a atitude do prefeito, mas mesmo sem apresentar nenhuma solução imediata para o problema resolveram, já, julgarem e condenarem tal atitude do prefeito, mas por onde andava esse pessoal???

 

Durante quase 30 anos, esse foi meu trajeto obrigatório, presenciei inúmeros acidentes e perdi amigos ai nesse trecho e jamais vi alguém se manifestar com tanto fervor e revolta.
Obviamente, naquele cruzamento, o correto era fazer uma rotatória, mas como sabemos, Dnit e Der vivem em outro planeta e a omissão desses órgãos chega a ser criminosa. A demora seria ou será gigantesca para que tais órgãos tomem algum tipo de providência, se é que irão fazer alguma coisa. Precisamos de ações imediatas, se vai ou não dar certo somente o tempo vai mostrar, o que não podemos aceitar de forma alguma é a perda de mais vidas. Esse cruzamento há anos vem fazendo vitimas, eu mesmo já me acidenei ali. Piorou muito quando fizeram essas marginais, além de custar uma fortuna, foi mal projetada, projeto cheio de falhas, sem nenhum planejamento, horrivel, e arrebentou com os comércios e indústrias ao longo da BR e nunca apareceu uma autoridade política ou um “estudioso” para questionar tamanha porcaria.

Então, minha sugestão para nossas autoridades, principalmente aos nobres vereadores, que se unam com o prefeito ao invés de ficarem contra ou torcer contra. Sem dúvida é uma causa nobre, salvar vidas, ou apenas diminuir os riscos. Trabalhem num projeto melhor, acionem suas bancadas estaduais e federais em busca de uma rotatória bem planejada. Esse ano tem eleições, é o ano dos “milagres”, não somente naquele ponto, mas em vários locais críticos. Aquela “gambiarra” feita na marginal com a Avenida 7 de Setembro, muito criticada também, deu resultado, mas precisa ser melhorada, então trabalhem em conjunto e não apenas apontando o dedo. Mostrem e participem das soluções, vocês políticos tem o poder e ainda são bem pagos para isso, creio que até mais do que merecem.

 

Somente como curiosidade:

“Joas”, nome do jovem que perdeu a vida nesse fatídico acidente, a origem do nome é hebraica, sem duvida um nome bíblico, pois nome Joás é citado 30 vezes na Bíblia, em Amós, I Crônicas, Oséias, Juízes, II Reis, II Crônicas, I Reis no velho testamento.

O nome “Joás” é a forma portuguesa de Joash, que significa “o fogo de Deus”. Então que esse “fogo” queime tudo de ruim ocorrido nesse cruzamento, queime também essas “ervas daninhas” que só pensam no próprio umbigo e se esquecem do seu povo.

E a família do Joas de Oliveira, meus sinceros sentimentos de pesar, Deus conforte a todos, ele já se encontra na Paz de Cristo. Que a morte dele não tenha sido em vão nessa questão e que essa tragédia seja o ponto de partida para mudanças de fato.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp