Cacoal/RO, 26 de maio de 2024 – 19:53
Search
Search
26 de maio de 2024 – 19:53

Procuradora Geral do Município participa de aula inaugural de extensão prática na formação de novos advogados na UNIR

Em uma movimentação que reflete o dinamismo e a inovação na educação jurídica, a Procuradora Geral do Município de Cacoal (PGM), Dra. Déborah May, participou da mesa de inauguração da atividade de extensão do Núcleo de Prática Jurídica na UNIR – Campus Professor Francisco Gonçalves Quiles, marcando um dia histórico para a instituição e seus estudantes de Direito.
Com uma abordagem entusiástica e visionária, Dra. Déborah May elucidou a importância do curso de extensão em práticas jurídicas, que promete ser um divisor de águas na formação dos acadêmicos de Direito. Segundo a procuradora, a integração entre a teoria aprendida nas salas de aula e a prática vivenciada nos tribunais e escritórios é a chave para uma educação jurídica completa. Ela enfatizou a importância do engajamento com casos práticos, detalhando uma possível parceria com o município que permitiria aos alunos atuarem como estagiários na PGM e vivenciar a advocacia de forma prática e substantiva.
O Núcleo de Prática Jurídica da UNIR, descrito por Dra. Déborah May, funciona como uma ponte entre o conhecimento teórico e a aplicação realista do Direito. Através da elaboração de documentos processuais e a oportunidade de colaborar diretamente com o poder público local, os estudantes ganham uma perspectiva única e imprescindível do trabalho jurídico, preparando-os para se tornarem profissionais aptos e adaptáveis.
A implementação do núcleo foi recebida com aplausos e reconhecimento tanto pelos alunos quanto pelos profissionais da área, que veem nessa iniciativa uma evolução na qualidade do ensino jurídico. “É um complemento valioso à nossa formação e uma oportunidade incrível de aprender fazendo,” compartilhou um dos alunos presentes.
O evento foi uma confluência de experiências, contando com a participação de representantes do Ministério Público, Judiciário, Defensoria Pública e da PGM. Em um diálogo produtivo e esclarecedor, cada membro contribuiu com uma explanação do tema, enfatizando a relevância da prática jurídica no processo educacional.
Assessoria

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp