Rondônia, 20 de julho de 2024 – 22:04
Search
Anuncie aqui
Search
20 de julho de 2024 – 22:04

Salva de tiros e homenagens ao príncipe Philip ocorrem em territórios britânicos

Anuncie aqui

Diversas homenagens ocorreram neste sábado em homenagem ao príncipe Philip, que morreu aos 99 anos, na Inglaterra. Ele era casado com a Rainha Elizabeth II. Segundo a família, a morte foi ‘pacífica’ e ocorreu dentro do Castelo de Windsor

Salvas de tiros de canhão ocorreram em diversas cidades do Reino Unido, em Gibraltar, território britânico na Espanha e em alto mar, com a frota de navios da marinha britânica. O ato é uma tradição e ocorre em homenagem ao então Duque de Edimburgo. 

As consagrações também ocorreram na sexta-feira (9) e duraram todo o dia. As homenagens devem se estender ao longo da próxima semana.

O Reino Unido entrou em luto por 30 dias. Muitos britânicos estão reunidos próximo ao Palácio de Buckingham e ao Castelo de Windsor, levando flores.

Por conta da Covid-19, o funeral foi bastante restrito e só pôde ser acompanhado de longe. Homenagens também aconteceram em comunidades de ex-colônias britânicas (Commonwealth), como na Austrália e na Nova Zelândia.

Príncipe Philip completaria 100 anos no dia 10 de junho. Em fevereiro, passou por uma cirurgia cardíaca, recebeu alta e estava se recuperando isolado no castelo ao lado da rainha, com quem teve uma união de 69 anos. A família real não divulgou o motivo da morte. Ainda nesta semana, a Rainha Elizabeth II deve fazer um pronunciamento à nação e o Príncipe Charles se tornará o Duque de Edimburgo.

Príncipe Philip acena para jornalistas ao deixar hospital em Londres

Há uma expectativa de que o enterro aconteça no próximo fim de semana, mas os detalhes ainda estão em definição.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp