Rondônia, 16 de julho de 2024 – 12:20
Search
Anuncie aqui
Search
16 de julho de 2024 – 12:20

UE vai aplicar sanções à Rússia por reconhecimento de regiões separatistas

Anuncie aqui

Segundo a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, o Kremlin violou o Direito internacional

A União Europeia (UE) aplicará sanções contra a Rússia. A medida foi anunciada nesta segunda-feira, 21, depois de o presidente russo, Vladimir Putin, reconhecer a independência de duas regiões separatistas no leste da Ucrânia: Donetsk e Luhansk. Segundo a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, o Kremlin violou o direito internacional.

“A UE reagirá com unidade, firmeza e determinação em solidariedade à Ucrânia”, disse o comunicado assinado por von der Leyen e pelo presidente do Conselho Europeu, Charles Michel.

A Ucrânia quer que as sanções contra Moscou sejam impostas rapidamente, afirmou seu ministro das Relações Exteriores, Dmytro Kuleba. “Acreditamos que existem razões legítimas para impor pelo menos algumas das sanções agora”, salientou. “Isso serve para demonstrar que a UE não está apenas falando sobre o assunto, mas também está preparada para agir”, salientou.

A decisão do Kremlin pode inflamar o impasse sobre uma escalada militar russa na fronteira ucraniana. Atualmente, há mais de 100 mil soldados russos a postos, esperando o sinal verde de Moscou. Putin, por sua vez, nega qualquer plano de invasão e acusa as potências ocidentais de histeria.
Em comunicado transmitido pela TV, Putin disse que a ameaça à Rússia aumentará substancialmente caso a Ucrânia resolva fazer parte da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). (Fonte: Revista Oeste)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp