Censo 2022: IBGE visitará 534 mil domicílios em Rondônia a partir desta segunda (01/08)

Com uma cerimônia de lançamento no Mercado Cultural, em Porto Velho, o IBGE deu início à coleta domiciliar do Censo Demográfico 2022, que será realizada de hoje (1º) até 31 de outubro, com a divulgação dos primeiros resultados prevista para dezembro.

Em três meses, 1.500 recenseadores visitarão 534 mil domicílios rondonienses. Em todo o país, 183 mil recenseadores passarão por 89 milhões de endereços, sendo 75 milhões de domicílios.

O chefe da Unidade Estadual do IBGE em Rondônia, Luiz Cleyton Holanda Lobato, conta que o Censo Demográfico brasileiro é uma das mais complexas e grandiosas operações estatísticas realizadas no mundo. “Os recenseadores vão percorrer cada pedaço do território nacional. São mais de 8,5 milhões de quilômetros quadrados e uma estimativa populacional de 215 milhões de habitantes”.

Com as informações do Censo Demográfico, será possível retratar as condições de vida dos brasileiros e imigrantes que vivem no país. Há dois tipos de questionários: o básico, com 26 quesitos (como características do domicílio, quantidade de moradores, cor ou raça e trabalho e rendimento), e o ampliado, com 77 perguntas, que incluem as questões do questionário básico e tópicos como nupcialidade, deficiência e migração. A seleção da amostra que irá responder o questionário ampliado é aleatória e feita automaticamente no Dispositivo Móvel de Coleta (DMC) do recenseador.

Como identificar o recenseador

Os recenseadores poderão ser identificados pelo seu uniforme – colete e boné, com logotipo do Censo -, pelo DMC e por um crachá visível no bolso do colete, com nome, número de matrícula e foto. É possível verificar a identidade do recenseador pelo site www.respondendo.ibge.gov.br ou pela Central de Atendimento ao Censo 0800 721 8181. Ambos constam no crachá do agente. Para realizar a confirmação, o cidadão deve fornecer o nome, matrícula e/ou CPF do recenseador.

Como grande parcela da população passa a maior parte do dia fora do domicílio, os recenseadores poderão fazer visitas no horário noturno, durante feriados ou fins de semana. Cada recenseador organizará seu trabalho a fim de conseguir entrevistar ao menos um morador de todos os domicílios. Ou seja, todos serão contados, mas nem todos serão necessariamente entrevistados.

(Ascom IBGE/RO)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp